• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

O protagonismo chegou tardiamente

Entretenimento

O protagonismo chegou tardiamente

- De 1975 a 1979, a Mulher Maravilha brilhava na TV, interpretada por Lynda Carter. Superman só seria interpretado por Christopher Reeve em 1978 e, ainda assim, é considerado o pioneiro dos grandes filmes de baseados de super-heróis. O fato é que a história ignorou a importância da Mulher Maravilha nas telas, grandes ou pequenas. O Homem de Aço com Reeve seguiu por mais três filmes e, embora houvesse notícias de tentativas de levar a Mulher Maravilha para os cinemas, as ideias nunca foram adiante.

O diretor Josh Wedon, por exemplo, tentou emplacar um filme com a personagem antes de se tornar conhecido pelo talento nas adaptações de heróis para os cinemas com o blockbuster Os Vingadores (2012).

Sua ideia foi rejeitada e ele foi para a concorrência, onde cresceu. Agora, é responsável por finalizar as filmagens de Liga da Justiça, com estreia prevista para o ano que vem e com a participação importante da Mulher Maravilha.

O debute de Mulher Maravilha no chamado Universo Cinematográfico da DC Comics só ocorreu em Batman vs Superman: A Origem da Justiça, do ano passado. E, disparadamente, sua participação foi a melhor parte de um filme por vezes entroncado. Roubou a cena e atrai a expectativa para o filme solo. Em Liga da Justiça, é ela quem deve brilhar de novo.

*O repórter viajou a convite do estúdio

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.