Mateus Solano diz que Globo era medrosa quando foi ao ar beijo gay de Félix

Entretenimento

Mateus Solano diz que Globo era medrosa quando foi ao ar beijo gay de Félix

Em entrevista à colunista Mônica Bergamo, contou que houve muita muita relutância e negociação nos bastidores

Redação Folha Vitória


Nos capítulos finais de O Outro Lado do Paraíso, o público assistiu ao beijo gay de Samuel e Cido, papeis de Eriberto Leão e Rafael Zulu. Mas o primeiro beijo entre dois homens a ir ao ar em uma novela das nove da Globo foi protagonizado pelos atores Mateus Solano e Thiago Fragoso, em Amor à Vida, em 2014.

Em entrevista à colunista Mônica Bergamo, Mateus contou que houve muita muita relutância e negociação nos bastidores, além de ter enfrentado uma verdadeira saia justa para fazer acontecer o beijo gay. De um lado, estava a pressão do público que queria ver concretizado o romance entre Félix e Niko; de outro, a emissora, tida por Solano como medrosa naquela época:

- Era uma outra Globo, anterior a essa administração do [Carlos Henrique] Schroder [atual diretor-geral da emissora], ainda muito medrosa nesse aspecto mais progressista. Quem diria que o entretenimento da Globo seria a coisa mais progressista do país. Quem diria!

Antes do histórico beijo de Félix e Niko, Mateus já havia feito isso anteriormente, em 2004, na minissérie Um Só Coração. Mas a cena não foi ao ar.

- O padrão Globo de qualidade é o padrão Brasil de qualidade. A Rede Globo não coloca primeiro, ela espelha o que já está [posto na sociedade]. TV são anunciantes. E anunciantes são quanto público o programa tem. A partir do momento em que mais gente vai deixar a televisão ligada que mudar de canal, o beijo gay começa a ser interessante para uma empresa que quer lucrar. Ponto, comentou o ator, analisando as engrenagens da televisão.

Somos filhos da Terra

Ligado às causas ambientais, apesar de já ter estrelado campanhas publicitárias, Mateus afirma que hoje não participaria de comerciais de automóveis.

Pai de Flora e Benjamin - de sete e três anos de idade, respectivamente -, frutos de seu relacionamento com Paula Braun, o ator diz que usa carro híbrido e busca ensinar os filhos com exemplos ao invés de palavras, característica herdada da mãe:

- Desde criança, minha mãe sempre mostrou, com a própria personalidade dela, como nós somos filhos da Terra e não donos dela. Essa é uma visão que me acompanha desde a infância.