• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chloë Grace Moretz revela que já quis fazer cirurgias plásticas aos 16 anos

Entretenimento

Chloë Grace Moretz revela que já quis fazer cirurgias plásticas aos 16 anos

-

Ser positiva em relação ao seu corpo é uma luta diária para muitas meninas, que sempre acham que podem melhorar algo em sua aparência. Essa é uma síndrome que nem as estrelas de Hollywood conseguem combater, nem mesmo a Chloë Grace Moretz.

Em entrevista ao site da revista Elle, a atriz revela que aprendeu a amar suas imperfeições, apesar de já querer ter feito cirurgias plásticas quando era mais nova:

- Quando eu tinha 16 anos de idade, eu queria uma cirurgia nos seios. Eu queria que a gordura debaixo do meu queixo fosse removida. Eu queria reduzir o meu bumbum. E minha mãe disse: Absolutamente não. Você não vai fazer uma cirurgia plástica. E por causa disso eu encontrei muito poder dentro de minhas inseguranças. É elas que fazem que eu seja quem sou.

E revela que, apesar de não precisar, Brooklyn Beckham, seu amado, é um apoio enorme:

- Meu namorado me apoia muito. Eu digo, não me leve a mal, eu não preciso de um homem para nada, mas quando eu estou me sentindo mal sobre mim mesma, ele fica:Para. Veja o que você fala em entrevistas. Veja tudo o que você apoia. Escute suas próprias palavras, porque você é tão linda quanto o que você diz. Todas as jovens mulheres são mais lindas do que pensam e eu te amo mais de calças de moletom do que quando você está no tapete vermelho. E é muito bom ter um cara com 17 anos de idade que vê as mulheres desse jeito. Acho que significa que estamos no caminho certo.

Aliás, ela ainda revela que usa a colônia do namorado, enquanto dá uma leve indireta ao esquadrão de Taylor Swift, ao ser perguntada sobre sua amizade com Meghan Trainor:

- Nós nos conhecemos em um evento de música. E eu estava: Eu te amo. Eu quero ser sua melhor amiga. Vamos fazer isso. E somos grandes amigas porque odiamos esse sistema. Odiamos tudo isso. Nós sentamos e ficamos: Nós somos estupidas, ridículas, vamos mostrar a essas garotas que nada disso é real e que devemos nos divertir.

E ao ser perguntada se ela é como o anti-esquadrão, ela ri e concorda:

- Sim, meio que somos!