Lena Dunham desabafa ao falar sobre Famous, clipe polêmico de Kanye West

Entretenimento

Lena Dunham desabafa ao falar sobre Famous, clipe polêmico de Kanye West

Redação Folha Vitória

-

Quando divulgou seu polêmico vídeo para Famous, Kanye West sabia que podia esperar reações negativas e até brincou que estava esperando ser processado logo. Lena Dunham pode até não querer ir no tribunal, mas a atriz com certeza não ficou nada feliz com o clipe, que trazia o rapper deitado em uma cama com Taylor Swift, nua, detre outros rostos famosos.

Em seu Facebook ela criou um texto enorme para desabafar sobre o assunto que a estava incomodando. Após explicar que não tem nada contra Kim Kardashian e sua família, mas sim, contra Kanye, ela opinou:

Eu acho que o vídeo de Famous é uma dos esforços "artísticos" mais perturbadores que aconteceram recentemente.

Após cita alguns casos famosos na mídia em relação a abuso sexual, a criadora de Girls ainda continuou:

Agora eu tenho que ver os corpos de mulheres famosas de cera torcidos como se estivessem drogados ou como se tivessem sido jogados de lado por raiva? Isso me dá uma sensação tão nauseante. (...) Eu tenho certeza de que o boneco do Bill Cosby estando ao lado do Donald Trump é para fazer algum tipo de declaração e que provavelmente estou sendo trollada. Eu sei que há uma reação mais moderna, mais legal além da reação a qual estou tendo. Mas adivinhe só, eu não tenho uma reação legal e moderna, porque ver uma mulher que eu amo como a Taylor Swift (aquilo doeu para ver, não consegui ver), uma mulher que eu admiro como a Rihanna ou Anna, reduzidas a um par de seios de cera me faz me sentir triste e insegura e preocupada pelas jovens mulheres que assistem a isso e podem não entender a câmera itinerante que deixa distorcido como o material dos filmes pedantes.

Por fim, ela manda um recado para Kanye:

Aqui está, Kanye: você é legal. Faça uma declaração sobre fama e privacidade e os Illuminati ou o que quer que esteja em sua cabeça! Mas eu não consigo assistir isso, não quero assistir isso, se isso é informado e inspirado pelos aspectos de nossa cultura que fazem as mulheres se sentem inseguras, mesmo em suas próprias camas, em seus próprios corpos.