Luisa Arraes fala sobre a personagem Manu, em Segundo Sol: Toda descompensada

Entretenimento

Luisa Arraes fala sobre a personagem Manu, em Segundo Sol: Toda descompensada

A atriz revelou que tem uma rotina pesada, mas que consegue ter equilíbrio através da meditação e natação.

Redação Folha Vitória


Durante um intervalo nas gravações de Segundo Sol, na última quinta-feira, dia 7, Luisa Arraes contou como está sendo viver a problemática Manu. A atriz revelou que tem uma rotina pesada, mas que consegue ter equilíbrio através da meditação e natação. Ela também comentou sobre as nuances de sua personagem e de algumas polêmicas como o corte de cabelo, que gerou burburinho na web.

- Eu acho muito engraçado as pessoas ficarem se preocupando com isso. Eu acho lindo. Uma menina toda descompensada, queriam o quê, que eu tivesse cabelo chanel ? Eu entendo que não é um corte careta, mas acho que é coerente com ela, justificou.

A atriz confessou ser difícil encontrar alguma característica de Manuela em si mesma:

- Sempre acho essa pergunta dificílima. Alguma coisa devo ter parecida com ela, mas é análise. Talvez a valentia e essa coisa de tentar ter a própria identidade.

Já o figurino de Manu, tem mais a ver com a atriz:

- Eu amo. Se vocês forem perceber, a Manuela tem apenas três blusas, dois shorts e duas calças. Eu também vivo com pouco justamente para ter essa liberdade artística, mas tenho mais roupas que ela (risos). A Manuela é subterrânea, o figurino é onde ela se sente mais confortável.

Para Luisa, a personagem não tem um instinto de autopreservação e o lado passional da filha de Ariella, foi resgatado da peça de teatro do qual a atriz faz parte:

- Eu gosto de sentimentos grandes. Na peça que estou, Grandes Sertões Veredas, mostra bem isso. Tudo lá é assim, é a paixão, o terror. Eu trouxe um pouco disso para TV. A Manuela não é domesticada. Ela se sente no direito de fazer o que ela quer. A coisa da droga é uma desobediência. Ela não tem um instinto de auto preservação.

A relação com Rochelle, interpretada por Giovanna Lancelotti, também é um dos pontos altos da trama envolvendo Manu. Luisa acredita que apesar de muito ódio, as irmãs ainda conseguem se amar:

- É muito complicada , mas você acredita que também existe amor entre as duas ? Elas brigam como gato e rato. Uma hora uma ganha, outra hora a outra ganha. Tem amor entre elas, vemos pouco, mas em alguma hora elas se amaram, não nasceram brigando.

Sobre a rotina intensa de trabalho, Arraes garante que não tem tido tempo para muita coisa além das gravações:

- Não estou com tempo nem de sair na rua. Só venho para cá, estudo e nado.Tenho Para mim é importante a coisa do exercício com a meditação, costumava fazer ioga, mas agora eu nado. Sair daqui, ir nadar e ficar uma hora em silêncio é fundamental.