Atores interpretam comentários agressivos em campanha contra o estupro

Entretenimento

Atores interpretam comentários agressivos em campanha contra o estupro

Redação Folha Vitória

São Paulo - Em julho, a atriz Cleo Pires posou nua na capa da revista "Marie Claire" na campanha "Se eu Disser Não é Estupro". A publicação no site da revista e na página oficial da atriz recebeu milhares de comentários, nem todos positivos. Muitos homens postaram comentários agressivos e relatos de não ter aceitado o "não" de uma mulher em diversas situações.

Em resposta aos comentários, atores conhecidos interpretaram os comentários num vídeo da revista. Malvino Salvador, Klebber Toledo, João Vicente de Castro, Paulo Vilhena, Marcelo Serrado e Wagner Santisteban interpretaram frases como "ser estuprado agora virou moda" e "eu nunca me casaria com uma mulher que já foi estuprada".

Ao final do vídeo, Cléo aparece dizendo: "Mesmo nua, se eu disser não, é estupro. A culpa nunca é da vítima", declara a atriz divulgando a hashtag da campanha #SeEuDisserNãoéEstupro.

O cachê dos atores participantes foi doado às instituições Fala Mulher e Herdeiros do Futuro, que oferecem apoio a mulheres vítimas de violência sexual.