Lirio Parissoto volta a se defender e diz que foi agredido por Luiza Brunet

Entretenimento

Lirio Parissoto volta a se defender e diz que foi agredido por Luiza Brunet

O empresário voltou a fazer publicações nas redes sociais na madrugada desta segunda-feira (4), posando à frente da Estátua da Liberdade, em Nova York, com um texto reflexivo

Lirio Parissoto se defende nas redes sociais Foto: Reprodução/Instagram

Lirio Parissoto voltou a se defender e a negar as acusações de agressão da ex-namorada, Luiza Brunet, nas redes sociais. Em um post no Instagram, o bilionário inverteu o jogo e afirmou ter apanhado da ex-modelo, levando 10 pontos no hospital.

A nova versão de Lirio veio acompanhada do depoimento da filha dele, Liz Parissoto, que teria testemunhado a briga.

— Este é o depoimento de uma das 10 testemunhas que assistiram a violência da Luiza Brunet. Isto resultou em um ferimento que precisou de 10 pontos no hospital. Cuidado com os prejulgamentos, ela é muito agressiva. Criatura hipócrita. Como estou sendo julgado e por incrível que pareça condenado sem saber do que se trata, aí está o depoimento de uma testemunha.

No desabafo, o empresário de 63 anos diz que a ex-modelo, de 54, sempre teve um comportamento agressivo.

Há quem adora se fazer de vítima na mídia afinal ela é uma queridinha e sabe muito bem utilizá-la. A verdade não tardará. Não julguem antes dos fatos serem esclarecidos que ainda não sei quais são que ela alega, não fui citado em nada. Deus me dê força e me proteja. Abraço aos amigos. Aos que não me conhecem, peço que aguardem a decisão da Justiça. Sempre fiquei quieto como acho que tem que ser em assuntos desta natureza. Fazer o que ela resolveu mentir... Sempre tentei me defender desta agressividade da parte dela. Não aceitarei ser tratado como agressor de mulher, que tanto respeito e admiro, quem me conhece sabe, infelizmente quem não me conhece prejulga errado. Desabafo, muita pressão desnecessária.

O desabafo de Lirio veio horas antes da foto que mostra o machucado no olho de Luiza Brunet ser exibida no Fantástico (Globo). A imagem faz parte do processo que ela move contra o empresário em São Paulo. De acordo com o promotor do caso, Carlos Bruno Gaya da Costa, não há dúvidas de que houve crime contra a ex-modelo.

Em nota enviada ao Fantástico, a ex-modelo falou sobre as pessoas que duvidam de sua palavra.

— Muito tem sido dito a meu respeito, é triste ver pessoas buscando uma ação minha para justificar a agressão. Nada justifica uma agressão. Infelizmente ainda vivemos a cultura de que a vítima é culpada de alguma forma. Só quem vive isso sabe do pavor e dos sentimentos conflitantes que tomam conta da gente.

O empresário voltou a postar nas redes sociais na madrugada desta segunda-feira (4), posando à frente da Estátua da Liberdade, em Nova York, com um texto reflexivo.

— Liberdade, Liberdade! O excesso nos constrange, a falta nos pune com a falta da informação. Como conciliar esta dualidade?

Luiza Brunet afirma ter sido agredida por Lirio Parissoto no apartamento dele em Nova York após a entrega de um prêmio.

Segundo a ex-modelo, ela levou um soco no olho e teve quatro costelas quebradas após ser imobilizada pelo empresário. No dia seguinte, ela conseguiu uma passagem para o Rio de Janeiro. Ao desembarcar no Rio de Janeiro, a ex-modelo passou por exames de delito. Um mês após a agressão, ela entrou com um processo contra Lirio Parissoto na Justiça de São Paulo.

Com informações do Portal R7.