Olivia de Havilland processa Ryan Murphy após ser retratada na série Feud

Entretenimento

Olivia de Havilland processa Ryan Murphy após ser retratada na série Feud

Redação Folha Vitória

-

Esse ano, Ryan Murphy estreou a primeira temporada de sua nova série, Feud, que promete retratar brigas famosas do mundo do entretenimento. Ao falar sobre o desentendimento entre Joan Crawford e Bette Davis, interpretadas por Jessica Lange e Susan Sarandon, a produção relembrou situações reais que aconteceram, por exemplo, nos bastidores do clássico filme O Que Terá Acontecido a Baby Jane?.

Com isso, outras pessoas reais passaram a ser retratadas na série, como aconteceu com Kathy Bates, que viveu a atriz Joan Blondell. Porém, quem não ficou nada feliz com isso foi Olivia de Havilland, estrela de 101 anos de idade conhecida por ter atuado em ...E o Vento Levou. Ela não gostou da forma como Catherine Zeta-Jones a interpretou e agora está processando a série.

Segundo informações do The New York Times, ela moveu o processo na última sexta-feira, dia 31, contra a FX Networks e a Ryan Murphy Production. De acordo com o veículo, a emissora teria se apropriado do nome da atriz sem sua autorização apenas pensando nos interesses comerciais, sem ligar para o dano emocional e para os danos à sua reputação.

Personagem importante na série, ela aparece em seis episódios e é uma amiga de confiança de Bette Davis. Em abril desse ano, antes da estreia, Ryan Murphy chegou a afirmar ao The Hollywood Reporter que não havia entrado em contato com Olivia e explicou seus motivos:

- Eu não escrevi à ela porque eu não quis ser desrespeitoso e perguntar Isso aconteceu? Aquilo aconteceu? Qual foi a sua opinião sobre isso?

Lembrando que a próxima temporada de Feud deve retratar os detalhes do casamento de Princesa Diana e Príncipe Charles.