• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Atriz Brigitte Nielsen, que foi mãe aos 54 anos, fala sobre maternidade tardia: É minha vida

Entretenimento

Atriz Brigitte Nielsen, que foi mãe aos 54 anos, fala sobre maternidade tardia: É minha vida

Nielsen afirmou que o tratamento trouxe muitas decepções com testes de gravidez negativos e que ele também custou muito dinheiro.


A atriz Brigitte Nielsen, conhecida por papéis em filmes de ação como Rocky V e Stallone Cobra, deu à luz sua quinta filha, Frida, em junho, aos 54 anos.

Não demorou muito para que a questão gerasse um debate em relação à maternidade tardia, e a atriz conversou com a People sobre este novo momento de sua vida. Primeiro, ela explicou um pouco sobre a concepção da pequena - Brigitte estava em tratamento para fertilidade há 10 anos. Quinze anos atrás, aos 40, ela congelou seus óvulos quando conheceu o atual marido, Mattia Dessi, hoje com 39 anos.

Nielsen afirmou que o tratamento trouxe muitas decepções com testes de gravidez negativos e que ele também custou muito dinheiro. Mas tudo valeu a pena, afirma ela.

Mãe de Julian, de 34 anos, Killian, de 28, Douglas, de 25 e Raoul, de 23 anos de idade, a atriz está ansiosa a experimentar o mundo de novidades com o marido, que é pai de primeira viagem. Mas nem tudo será fácil, como a atriz apontou:

Posso não levá-la à escola. Vou deixar meu marido levar, porque não quero as pessoas dizendo: É sua avó te trazendo? Não quero que ela se sinta mal.

Brigitte incentiva quem também quer realizar o sonho de ser mãe em uma idade mais avançada:

Às vezes você se sente solitária, porque muitas mulheres não falam sobre isso umas com as outras. Nós deveríamos dar as mãos, porque não há nada errado com querer ter um bebê, seja aos 20, 30, 40, ou no meu caso, 50. Entendo que nem todos gostam ou concordam com isso, mas é minha vida!

E continua:

Algumas pensam: Meu Deus, estou velha demais. Bom, entendo como é ouvir as pessoas dizendo "como ela ousa?". Mas quantos homens têm seu primeiro filho aos 60 ou 70 e ninguém fala nada sobre isso.

Nas redes sociais, a grande maioria de seus seguidores é fã da família e vive congratulando a mamãe.