Vinte minutos antes de ser preso, DJ Ivis gravou vídeo pedindo perdão para ex-mulher

Entretenimento

Vinte minutos antes de ser preso, DJ Ivis gravou vídeo pedindo perdão para ex-mulher

Segundo informações do colunista Léo Dias, o vídeo foi produzido no dia 14 de julho, mas não foi publicado nas redes sociais porque a polícia chegou à casa do cantor antes que ele pudesse divulgar o material

Estadão Conteúdo

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução /Youtube

De acordo com informações do colunista Leo Dias, o DJ Ivis - que recentemente foi preso por agredir a ex-esposa, Pamella Holanda -, fez um vídeo pedindo desculpas para ela e para todas as mulheres.

Segundo ele, ainda afirma que o vídeo foi produzido no dia 14 de julho, 20 minutos antes de o cantor ser preso, e que ele não teve tempo de publicar o material nas redes sociais, pois a polícia já havia chegado em sua casa.

De acordo com o jornal G1, DJ Ivis ainda foi transferido para o presídio Irmã Imelda Lima Pontes, em Fortaleza, na última sexta-feira, dia 16. 

Na audiência de custódia, a Justiça decidiu manter a prisão e transferir o DJ, que estava na Delegacia de Capturas.

O jornal também informa que a Polícia Civil investiga as agressões em dois inquéritos: um deles devido ao boletim de ocorrência feito por Pamella no dia 3 de julho, e o outro com base nos vídeos divulgados.

Segundo Sandro Caron, secretário da Segurança do Ceará, os vídeos foram importantes para o pedido de prisão do cantor. 

O artista foi preso de forma preventiva, para garantir a ordem pública e por apresentar risco de fuga. Agora, ele está à disposição da Justiça.

Pamella Holanda denunciou DJ nas redes sociais: entenda o caso

Tudo começou quando Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, usou as redes sociais para publicar uma série de imagens, registradas por câmeras de segurança do apartamento do casal, em que aparece sendo agredida pelo DJ.

O vídeo revoltou internautas: Ivis puxava o cabelo da ex-companheira, desferia socos e pontapés na frente da filha do casal, Mel, que só tem 9 meses.

Nesta quarta-feira (14), o governador do Ceará, Camilo Santana, confirmou nas redes sociais que o músico havia sido preso devido às agressões, e ainda escreveu "Que responda pelo crime".

De acordo com o governador, a prisão preventiva havia sido solicitada na terça-feira (13), pela Polícia Civil do Ceará.

Contratos rompidos

Após a repercussão dos vídeos de agressão contra a esposa, DJ Ivis perdeu contratos de trabalho. O rompimento mais recente foi com a Sony Music Brasil, na última sexta-feira, dia 16.

A Sony Music Brasil decidiu terminar o contrato com DJ Ivis e ele não fará mais parte do nosso elenco.

Leia mais: Tirullipa pede por segunda chance a DJ Ivis e Pocah faz relato emocionante