Gamificação: projeto de inovação do Folha Vitória dará até prêmios a leitores. Entenda!

PEDRO PERMUY

Entretenimento e Cultura

Gamificação: projeto de inovação do Folha Vitória dará até prêmios a leitores. Entenda!

Com tecnologia de ponta, Meu Folha convida leitor a se aproximar do jornal online de maior audiência do Espírito Santo para ter experiência de acessar a melhor informação de graça de forma personalizada

Pedro Permuy

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução

Desde que assumiu a direção da Inovação da Rede Vitória, Americo Buaiz Neto queria tornar o Folha Vitória o veículo de comunicação pioneiro no Brasil em instituir um novo modelo para aproximar seu leitor dos conteúdos que mais possam lhe interessar. A ideia de partida do Meu Folha, que entra no ar para os internautas do jornal online a partir desta sexta-feira (1º), é essa: a de fidelizar e criar intimidade entre quem produz e quem consome as notícias publicadas. 

LEIA TAMBÉM: Americo Buaiz Neto: “Quero dobrar o faturamento do Grupo Buaiz com inovação”

"O que nós queríamos desde que criamos o núcleo de inovação era entender o perfil do leitor do Folha para que a experiência dele dentro do jornal online fosse a mais personalizada possível. Com o Meu Folha, o usuário se cadastrará apenas para indicar suas preferências e seu perfil, mas continuará usufruindo das notícias em primeira mão, as exclusivas e de todo o conteúdo premium do jornal de graça", explica o head de Inovação da Rede Vitória e CEO do Hugb à Coluna Pedro Permuy

Foto: Vitor Machado
Americo Buaiz Neto é head de Inovação da Rede Vitória e fundador e CEO do Hugb, o hub de inovação do Grupo Buaiz

Na prática, o projeto de gamificação vai funcionar assim: o leitor fará um cadastro rápido em uma página. Lá, vai preencher informações básicas para traçar um perfil pessoal e indicar os conteúdos que mais lhe interessam. A partir dali, terá uma seção do jornal online 100% personalizada para navegação com chances até de ganhar prêmios de acordo com sua fidelidade - o que funcionará por um sistema de "moedas". 

LEIA TAMBÉM: Com superintendente da Record TV, Festa do Mídia faz sucesso e reúne mercado do ES. Veja fotos

Quanto mais o internauta navegar pelo Folha, mais ele terá chances de acumular o que é a "moeda" que aparecerá dentro das matérias e publicações. 

"A pessoa vai continuar acessando tudo de forma gratuita, sem pagar nada. Ao longo da navegação, vão surgindo essas moedas pela página e ela vai 'coletá-las'. Cada moeda tem uma pontuação (são quatro diferentes), que equivale a um saque em prêmio", explica. 

LEIA TAMBÉM: Excelência em Saúde lista tops do ES e anunciará ganhadores em mega festa

Em todo o mês de julho, que é a etapa de experimentação do projeto, os leitores serão premiados de surpresa no último dia de contabilização das moedas. "A ideia nos primeiros 30 dias é criar uma 'corrida das moedas', que só vai durar esse período mesmo. Depois, o projeto continuará, mas na dinâmica cotidiana", esclarece. 

E explica: "Nesse início, que será diferenciado, o objetivo é que os usuários naveguem pelo jornal online já com o Meu Folha em operação para cada um também dar sua opinião de possíveis melhorias, ideias de novas ferramentas... E no fim do mês, os leitores que mais coletarem moedas serão premiados". 

A partir do segundo mês, o projeto continua. Mas aí o usuário terá acesso ao próprio "extrato". A partir dessa relação, de quantas moedas coletou e de quantos pontos elas representam, o próprio leitor definirá qual prêmio ele vai resgatar, podendo acumular a pontuação ou já retirá-la quanto atingir o mínimo, de acordo com as regras do programa. 

LEIA TAMBÉM: FBI, corre aqui! Capixaba investiga affair, expõe conversa e viraliza: "Nome do boy no Jusbrasil"

"Para a moeda aparecer, por exemplo, o usuário tem que rolar ao menos 20% da página e permanecer na publicação por, também, ao menos 20% do tempo médio estimado de leitura. Abrir várias abas ao mesmo tempo não significa coletar mais moedas, porque o algoritmo é capaz de identificar possíveis 'trapaças'. O grande objetivo é fidelizar os leitores e recompensá-los por isso, ainda tornando cada experiência de navegação no Folha Vitória personalizada para o perfil e preferência de cada um", detalha Americo. 

Foto: Folha Vitória

FOLHA VITÓRIA NOS TOPS DA TECNOLOGIA 

Para garantir essa operação toda, a Rede Vitória investiu em uma tecnologia de ponta, que está, em patamar mundial, entre os tops do mercado de desenvolvedores e programadores. 

"Esse foi o grande projeto desde quando entrei na rede e gamificar esse ecossistema foi a melhor forma que encontramos de viabilizá-la de um jeito que é inédito. A tecnologia é altamente nova e por isso contamos com o feedback do público nesse primeiro momento dos 30 dias iniciais", conclui. 

VEJA E ENTENDA: 

Foto: Folha Vitória
Foto: Folha Vitória
Área do cadastro
Foto: Folha Vitória
Tela para preencher interesses e traçar perfil de leitura personalizado
Foto: Folha Vitória
Como as moedas irão aparecer nas páginas em quatro cores (e valores) diferentes




Pontos moeda