O Segredo dos Diamantes é exibido no Festival de Gramado

Entretenimento

O Segredo dos Diamantes é exibido no Festival de Gramado

Redação Folha Vitória

São Paulo - Helvécio Ratton confessa que já se incomodou muito com o rótulo de cineasta de filmes infantojuvenis. Como um Steven Spielberg brasileiro, ele fez filmes de temática adulta - Amor & Co, Batismo de Sangue - para se afirmar. Hoje, convive bem com seus filmes para jovens, até porque no debate sobre O Segredo dos Diamantes, aqui em Gramado, ficou claro que o filme é para jovens de 5 a....

Quantos anos? Muito quarentão lembrou-se dos filmes de aventuras de sua infância a propósito de O Segredo dos Diamantes. Monteiro Lobato encontra Humberto Mauro.

Um garoto, de certa forma, refaz a trajetória do pai - e do tio -, tentando encontrar diamantes escondidos numa cidade do interior de Minas, e o faz até como forma de salvar o pai em coma. Os caminhos do acaso - esse filho faz tudo para salvar seu pai (ele quer o dinheiro dos diamantes para pagar a cirurgia que pode salvar o ‘velho’), e sua história passou no Festival de Cinema Brasileiro e Latino justamente no Dia dos Pais.

O Segredo dos Diamantes possui um encanto todo particular, mas cabe ressaltar que algo está se passando nesta edição (a 42.ª) do Festival de Gramado e no próprio cinema brasileiro. O Segredo do Diamantes é o segundo filme que terá lançamento simultâneo em games. O primeiro, o terror Isolados, chega aos cinemas em 18 de setembro e o game chega ao mercado pouco antes. O Segredo estreia em dezembro, e o game deve ser lançado antes, até porque tem inserções preparatórias do filme. Num filme, e num festival de cinema, os críticos (e o público) discutem a mise-en-scène. No game é diferente.

Trata-se de outra plataforma, e privilegia a imagem - o movimento. Um filme como O Segredo propicia a passagem (das plataformas). Arthur Furtado, da D2RStudios, assina os efeitos da produção e é um dos criadores do game. O cinema brasileiro equipa-se para os desafios do mercado. O jogo está por vir. Fiquem atentos. O filme existe, e é delicioso. Depois de Dança dos Bonecos e Menino Maluquinho (o 1), Ratton conseguiu - de novo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.