'Linda de Morrer' tem Glória Pires como protagonista

Entretenimento

'Linda de Morrer' tem Glória Pires como protagonista

Redação Folha Vitória

São Paulo - Glória Pires brinca que sua expectativa é baixa na hora de escolher papéis no cinema. Brinca, e ri, porque não é bem verdade. Mesmo quem não gosta do filme de Fábio Barreto tratou de resguardá-la por sua interpretação como a mãe do ex-presidente em Lula, Filho do Brasil. E Se Eu Fosse Você 1 e 2 arrebentaram na bilheteria e fizeram história no cinema brasileiro. Glória brinca de baixa expectativa, mas é exigente. Há tempos queria trabalhar com Cris D'Amato. Era recíproco. A oportunidade surgiu com Linda de Morrer, que estreia nesta quinta, 20, em todo o Brasil. Serão mais de 500 salas a exibir a comédia - como defini-la? - 'espírita'.

O que havia de tão interessante no filme? "Ah, ele diz coisas bonitas sobre a relação mãe/filha, sobre a necessidade de amor e essa coisa de que as pessoas se preocupam demais com a aparência. Se o filme tem um tema, é que é mais importante se preocupar com a beleza interior, com a beleza dos sentimentos. A vida fica muito melhor." Tudo o que Glória viu de bacana na protagonista feminina de Linda de Morrer está na contracorrente de Beatriz, a maléfica da novela Babilônia, de Gilberto Braga, que vai chegando ao fim, na Globo.

A própria circunstância de Linda de Morrer chegar aos cinemas quando se discute o que poderá ocorrer com a Beatriz de Babilônia, poderá ajudar na carreira do filme. Na terça-feira, Glória arranjou um tempo nas gravações da novela, numa locação no Centro do Rio, para falar por telefone com o repórter. Foi uma conversa objetiva, toma lá dá cá. "Vinte minutos cravados", avisa o assessor, Padilha, homônimo do diretor de Tropa de Elite 1 e 2. E aí, Glória, já gravou a cena da morte de Beatriz? "Ah, você também acha que ela vai morrer?", Glória retruca. "Estamos gravando hoje o capítulo 139. Ainda tem chão. A novela vai até o 143. Ainda não chegamos àquela fase dos falsos finais, que a gente fica gravando e não sabe o que vai ao ar. Nem temos uma ideia de conjunto, porque estamos recebendo só o roteiro com as falas do dia", ela informa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.