De graça: exposição de artista capixaba segue aberta para visitação até a próxima sexta

Entretenimento

De graça: exposição de artista capixaba segue aberta para visitação até a próxima sexta

A mostra apresenta 22 obras do recente processo criativo da artista que segue para visitação gratuita até sexta, dia 13 de agosto

Thamiris Guidoni

Redação Folha Vitória
Foto: Monica Zorzanelli
Samira falou sobre a emoção que é fazer arte

Essa é a última semana para visitar a exposição ‘Explosão de cor e movimento: uma investigação do feminino’ da artista capixaba Samira Pavesi. A entrada é gratuita e os visitantes poderão apreciar as 22 obras até a próxima sexta-feira (13), na loja Stampa, em Vitória.

50% de toda renda com a venda das obras será revertido para o Instituto Ponte, que realiza um trabalho de levar educação de qualidade a jovens talentosos em vulnerabilidade social possibilitando sua ascensão social em poucas gerações.

Cada pincelada intensa é carregada de sentimentos que não pedem licença para se aflorar em suas obras quase vivas cheias de movimentos, cores, formas. Esse é o recente trabalho de Samira, em sua primeira individual aberta para visitação.

A curadora paulista Julia Demeter fez uma seleção de 22 obras para apresentar ao público o trabalho dessa artista autodidata, que pinta com a mesma alegria e intensidade que vive.

As obras selecionadas trazem representações do mundo interno da artista, investigando principalmente o espaço visceral feminino não organizado, muitas vezes disforme, e sobretudo cíclico. 

Em algumas telas os gestos fluidos, formas orgânicas, e a forte presença das cores vibrantes criam composições que enaltecem a vida. Em outras, a reflexão, a internalização e a contração criam linhas emaranhadas que juntas formam teias fortes e misteriosas. 

“Essas diferenças se alternam, assim como os ciclos de uma mulher. Ambos os casos são o resultado do seu processo criativo vivido através da conexão com o intangível, a intuição e um fluxo livre de ideias”, explica a curadora Julia Demeter.

A artista conta que a emoção toma conta quando começa a pintar.

“Me sinto livre para pintar. Tudo parece escorrer entre os dedos, derrete na palma das minhas mãos. Deixo fluir. Sem expectativas. Abro mão do controle e aceito o que vai surgir, pois quanto mais buscamos certezas e imperfeições, vira tudo do avesso, sem aviso, sem licença"

E ainda fala sobre o sentimento que invade.

"É não ter ideia de como formas e cores vão surgir e mesmo assim sentir que vou finalizar quando tudo estiver pronto. E assim a obra me observa de vários ângulos, como se me olhasse lá no fundo, onde nem eu mesma consigo ver. É isso que as pessoas vão observar em minhas obras e ter uma experiência particular com seu cada ‘eu'".

Exposição ‘Explosão de cor e movimento: uma investigação do feminino por Samira Pavesi’

Data: até sexta-feira, dia 13/08

Local: Stampa: Av. Desembargador Santos Neves, 25, Vitória

Horário de visitação: Seg. a sexta: 10h às 17h | Sábado: 10h às 13h.