Entretenimento e Cultura

Maísa revela que precisou da ajuda de Super Nanny para parar de tomar mamadeira; entenda!

Eu fiquei com nojo no momento que minha mãe colocou o leite com chocolate no copinho, pois para mim aquilo não era tetê de verdade

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução

Maísa Silva foi até sua conta no Twitter na noite da última quinta-feira, dia 5, para falar sobre como ela abandonou a mamadeira. Durante a história, a artista ainda revelou que teve uma ajudinha especial de ninguém mais ninguém menos que a Super Nanny, Cris Poli.

Em uma série de tweets, a apresentadora comentou que até os sete anos de idade, ela só tomava seu tetê, na mamadeira, principalmente leite com achocolatado. Até que um dia, Cris Poli apareceu em seu camarim e a pequena artista confessou a prática:

Os anos foram passando, meus amigos não bebiam mais leite na mamadeira, todo mundo tinha sua xícara, seu copinho, e baby Maísa sempre fiel à sua mamadeira. Eu fiz 7 anos de idade e continuava mamando na mamadeira, até já usava aparelho móvel porque estava entortando meus dentes demais. Eis que a Super Nanny, Cris Poli, sim, a Super Nanny, virou minha vizinha de camarim no SBT e as vezes ela vinha conversar com meus pais, perguntar como eu me comportava e tals, porque ela é psicóloga e estava a disposição de nos ajudar, caso precisasse.

E a história continua:

Um belo dia, a Cris foi no nosso loft pra conversar com a gente e descobrir um pouco sobre minha vida fora da televisão. Nessa visita, ela perguntou se tinha alguma coisa que eu fazia que era "inapropriada" e eu, na minha inocência falei, ah, eu tomo tetê. Pronto. Ela falou, mas você tá muito mocinha, tem que beber num copinho. Eu fiquei paralisada e arrependida de ter aberto a boca, obvio né.

Ficou combinado que a Super Nanny daria um copinho da Hello Kitty, e em troca, seus pais jogariam a mamadeira fora. Mas as coisas não deram muito certo:

Eu fiquei com nojo no momento que minha mãe colocou o leite com chocolate no copinho, pois para mim aquilo não era tetê de verdade. Era tetê fake. Tetê modificado. Eu não ia ter como morder o bico de plástico porque era duro demais, não era mamadeira.

Tudo isso, para no final, Maísa nunca mais tomar leite. Mas confessou que sente saudade.

Saudades do inesquecível e insubstituível tetê, finalizou.

Pontos moeda