• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Moradores de Vargem Alta poderão conferir sessões gratuitas de cinema

Entretenimento

Moradores de Vargem Alta poderão conferir sessões gratuitas de cinema

A recepção de Vargem Alta ao filme Vinillis Frutiferis, de Victorhugo Passabom, é tema do estudo de mestrado desenvolvido pelo diretor na Université Paris 8 Vincennes-Saint Dennis, França

Da árvore brotam discos de vinil que tocam música com o contato de beija-flores. Foto: Divulgação

A partir da próxima semana (22), dois caminhões passam a percorrer cerca de 25 mil quilômetros nas cinco regiões do país, promovendo sessões gratuitas de cinema.

A rota começa por Castelinho, distrito de Vargem Alta, na região serrana do Estado, com a apresentação do curta-metragem Vinillis Frutiferis, do diretor Victorhugo Passabon Amorim, um dos 20 selecionados pelo Concurso de Histórias da quinta edição do Revelando os Brasis.

A ficção experimenta um realismo fantástico ao apresentar uma árvore de onde brotam discos de vinil que tocam música com o contato de beija-flores. A exibição será realizada às 19 horas, no pátio da Escola Municipal de Educação Básica João Domingos Fassarella, em Castelinho.

A sessão será aberta e gratuita. Este curta-metragem foi feito a partir de histórias contadas e dirigidas por moradores da própria comunidade. O projeto tem patrocínio da Petrobras e realização do Instituto Marlin Azul.

Os moradores de Castelinho protagonizam as cenas do curta metragem. Foto: Divulgação

Lançamento

O distrito de Castelinho, em Vargem Alta (ES), é a primeira parada do caminhão. A recepção da comunidade em relação ao filme Vinillis Frutiferis, de Victorhugo Passabom Amorim, é tema do estudo de mestrado desenvolvido pelo diretor na Université Paris 8 Vincennes-Saint Dennis, França.

Durante a gravação e a edição do filme, o capixaba analisou o processo de criação de atores não profissionais que interpretam a própria história em um mundo de imaginação. Ou seja, o diretor criou um roteiro de ficção e convidou moradores da comunidade para interpretarem e improvisarem suas vidas a partir de suas histórias, desejos e sonhos, inserindo tais elementos reais dentro da fantasia inventada pelo filme.

A rota começa por Castelinho, com a apresentação do curta-metragem Vinillis Frutiferis. Foto: Divulgação

Nesta segunda etapa de estudos, Victorhugo aproveitará o lançamento da obra em Vargem Alta para analisar a reação dos espectadores da comunidade diante da obra. E a expectativa para a exibição do filme em Castelinho é grande, uma vez que diversos moradores do distrito participaram das gravações, tanto em funções artísticas quanto no processo de produção.

Histórico

Criado em 2004, o Revelando os Brasis tem por objetivo geral promover a inclusão e a formação audiovisuais através do estímulo à produção de filmes. O projeto promove processos de iniciação audiovisual, oferecendo aos moradores das pequenas cidades a possibilidade de contar as suas próprias histórias por meio de filmes que retratem o seu universo simbólico.

Os filmes são ainda exibidos em mostras e festivais nacionais e internacionais. Desde a criação do projeto, há onze anos, foram realizadas 180 obras audiovisuais dirigidas por moradores de pequenas cidades.