• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Obra de Hokusai é inspiração indireta

Entretenimento

Obra de Hokusai é inspiração indireta

- Na segunda faixa de The Search for Everything, o sétimo disco de John Mayer, o título chama a atenção: Emoji of a Wave. Emoji de uma onda. O desenho é inspirado na xilogravura do japonês Hokusai, chamada A Grande Onda de Kanagawa - ou apenas A Onda -, feita entre os anos de 1830 a 1833. E embora se debata se aquele movimento do mar retratado na imagem seja ou não um tsunami, existe a sensação de desespero ao olhar para a imagem. Os pescadores japoneses, em seus barcos, parecem prever o pior. O mar, impiedoso, vai quebrar sobre eles, levá-los para o fundo, para a escuridão e para o fim.

Sem querer - garante o músico -, John Mayer criou a alegoria para a descrever suas próprias canções. O artista norte-americano acerta quando retrata o momento pré-caos e desordem. Até mesmo quando canta o amor mais puro, há sempre algo a acontecer. Talvez seja a melancolia da sua voz, da guitarra que ele, habilmente, faz chorar como um blues entristecido, amuado.

Emoji of a Wave não é single do álbum. Ali, em segundo lugar na lista de músicas, ela pode passar despercebida. Vagarosa e cheia de lágrimas vindas com a constatação de um relacionamento que chegou ao fim. "É só uma onda", repete Mayer, no refrão. "Ela vai vir e eu só preciso me segurar", completa.

Mayer é conhecido pelas paixões avassaladoras. Por términos dolorosos também. Isso, as transformações de sentimentos, o compele a escrever mais. Cada pedaço partido do coração do artista norte-americano é transformado em música. Cada paixão descoberta, também. Como o último suspirar antes da queda acelerada em um passeio de montanha-russa - ou os segundos antes de a onda, gigante ou não, bater.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.