Primeira foto de Bruna Marquezine como vilã em Deus Salve o Rei é divulgada

Entretenimento

Primeira foto de Bruna Marquezine como vilã em Deus Salve o Rei é divulgada

Redação Folha Vitória

-

Após Marina Ruy Barbosa surgir caracterizada para a novela Deus Salve o Rei, agora é a vez de Bruna Marquezine aparecer pela primeira vez na pele da vilã Catarina. A próxima novela da sete, que tem enredo medieval, só tem estreia prevista para janeiro, no entanto, a preparação das atrizes já é intensa e as gravações estão a todo vapor.

No clique, divulgado no site oficial da trama, Bruna aparece usando um vestido longo e escuro, além de exibir uma coroa na cabeça, afinal, ela é a princesa do reino de Artena, governado pelo rei Augusto, personagem de Marco Nanini.

Para se preparar para a personagem, Bruna precisou fazer aulas de luta, uma de suas preferidas até o momento: - Primeira aula de luta e eu estou me divertindo muito. Acho que é a minha aula preferida até agora. A atriz ainda declarou como está sendo estar na pele de Catarina, rival de Marina Ruy Barbosa: - A Catarina é muito divertida, muito gostosa de fazer.

Detalhes da novela ainda não foram divulgados oficialmente, mas o colunista Flávio Ricco adiantou que o folhetim traz a história de dois reinos, Montemor e Artena, que acabam se tornando rivais após uma reviravolta na vida da família que governa o primeiro reino.

Montemor recebe água da vizinha Artena, que em troca fica com o minério de ferro produzido pelo primeiro reino, governado pela rainha Crisélia, personagem Rosamaria Murtinho, avó de Afonso e Rodolfo, interpretador por Rômulo Estrela e Johnny Massaro. A paz entre os reinos acaba sendo abalada após a morte da rainha, uma vez que Afonso, protagonista da trama, se recusa a assumir o cargo de rei por causa do amor que sente pela plebeia, Amália, interpretada por Marina Ruy Barbosa.

A partir daí, Rodolfo, o irmão mais novo e despreparado para o cargo, assume o reino de Montemor, dando oportunidade para Catarina, personagem de Bruna, colocar seus planos para lá de ambiciosos em prática.