Entretenimento e Cultura

Depois de ter conta em rede social hackeada, Cleo Pires faz boletim de ocorrência

Segundo nota oficial dos advogados de Cleo, ela decidiu registrar um boletim de ocorrência contra o hacker na tarde da última quarta-feira, dia 16

Estadão Conteúdo

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Você provavelmente está acompanhando o caso do Instagram de Cleo Pires, que foi hackeado na madrugada da última quarta-feira, dia 16. E Cleo não foi a única a passar por esse inconveniente. Grandes nomes como Adriane Galisteu e Marina Ruy Barbosa já tiveram também suas contas invadidas.

Depois de Cleo já ter comentado que até seu pai havia clicado no link divulgado em seu perfil, foi levantado que mais de 600 mil pessoas também acessaram o endereço, de acordo com um depoimento da defesa da atriz.

Segundo nota oficial dos advogados de Cleo, ela decidiu registrar um boletim de ocorrência contra o hacker na tarde da última quarta-feira, dia 16.

A ida de Cleo a Delegacia, para lavrar o Boletim de Ocorrência, foi decidida como medida imediata e necessária. Agora, pela investigação, iremos trabalhar para localizar, urgentemente, o criminoso que invadiu seu Instagram, afirma o especialista em direito digital Luiz Augusto Filizzola D’Urso - também do time de defesa da cantora.

Previsto no artigo 154-A do Código Penal, a investigação vai apurar o crime informático de invasão de dispositivo. Chata a situação toda, né? Pelo menos a gata não se deixou abalar.

Pontos moeda