Entretenimento e Cultura

Filho de Michael Douglas revela que seu pai forjou sequestro para assustá-lo no auge de seu vício em drogas

Em trecho do livro, Cameron relembra a experiência sombria que ocorreu em setembro de 2004, no auge de seu vício

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução

O filho de Michael Douglas, Cameron Douglas, fruto do relacionamento do ator com a modelo Diandra Luker, deu uma declaração polêmica em sua nova biografia chamada Um Grande Caminho Para Casa. Segundo o Radar Online, o primogênito, que era viciado em drogas, foi submetido a um falso sequestro planejado pelo próprio pai com o objetivo de assustá-lo e colocá-lo nos eixos.

Em trecho do livro, Cameron relembra a experiência sombria que ocorreu em setembro de 2004, no auge de seu vício. O homem conta que após ter uma intensa discussão com o famoso pai, três homens o encurralaram feito um animal no meio das ruas de Nova York.

Um deles é o cara que eu vi no Upper East Side, alguns dias atrás, assistindo eu e Erin lutar. Meu pai agora está do outro lado da calçada e, quando os três homens me cercam, eu entro no modo de luta ou fuga, escreveu Cameron.

Ao perceber o pai do outro lado da rua, reagiu de forma bruta, e os homens desistiram do plano. Na obra ele ainda deixa registrado que ficou furioso e machucado com a situação:

O fato de o meu pai ser motivado pela preocupação não importa para mim. Sinto-me esmagado e traído, conta.

Cameron foi condenado a cinco anos de prisão depois que foi pego vendendo drogas. A sentença foi prorrogada por mais cinco anos depois que ele foi acusado de porte de substâncias ilícitas já na cadeia. Em 2016 foi solto e passou por uma clínica de reabilitação. Hoje, ele é casado com a brasileira Viviane Thiebes, com quem teve uma filha de um ano de idade.

Pontos moeda