Após ficar viúva, influenciadora Franciele Roulim cria delivery de pizza e surpreende

PEDRO PERMUY

Entretenimento

Após ficar viúva, influenciadora Franciele Roulim cria delivery de pizza e surpreende

Atual empresária de 28 anos de idade se inspira em profissionais como Virgínia Fonseca para conquistar mais seguidores no Instagram. Atualmente, Franciele é seguida por quase meio milhão de fãs na web

Pedro Permuy

Redação Folha Vitória
Foto: arquivo pessoal
A influenciadora Franciele Roulim 

Franciele Roulim, de 28 anos, perdeu tudo quando ficou viúva do seu então marido, quando a filha do casal tinha apenas dois anos de idade. Aos poucos, ela assumiu a empresa de esquadrias que era do amado e, durante a pandemia da covid-19, decidiu empreender. Ela criou uma pizzaria em formato exclusivo de delivery e está fazendo o maior sucesso.

Com quase meio milhão de seguidores no Instagram, nem sempre a bonita teve esse controle todo da vida profissional.

Formada em Matemática, seu primeiro trabalho foi em uma fábrica de calçados. Antes de ser influenciadora, trabalhou por 8 anos na área de formação e a presença na internet foi crescendo aos poucos.

”Trabalhei como professora por 8 anos consecutivos. A internet aconteceu de forma bem inesperada em minha vida, tudo comecou quando eu comecei a postar meus looks e dicas nas redes. Percebi ter bastante conexão com as minhas seguidoras, pois elas sempre pediam dicas e de fato elas estavam gostando, porque de fato eu tinha muitos feedbacks delas, até que comecei a ser notada por algumas lojas, foi quando comecei a profissionalizar meu Instagram", lembra.

E termina: “As pessoas me questionam sempre como consigo fazer tantas coisas ao mesmo tempo, mas tenho um propósito muito claro em minha vida, que é crescer como influenciadora. Cheguei até a cogitar desistir, mas já passei por tanta coisa que isso era só mais uma. Ergui minha cabeça e segui em frente. Vejo o sucesso que a Virgínia Fonseca e a Natana de Leon fazem na web e almejo uma trajetória dessas para mim, me apego em coisas boas, que eu acredito, me importo e que agrega em minha vida como pessoa física e como empresária, o conteúdo dessas duas me inspiram muito”.