Casal que vive em Kombi supera depressão após filho no ES: "Muito amor"

PEDRO PERMUY

Entretenimento

Casal que vive em Kombi supera depressão após filho no ES: "Muito amor"

Alessandra e Rogério Fonseca, que já moraram em mais de 280 cidades pelo Brasil a bordo da famosa Kombi, tiveram o primeiro filho juntos em maternidade de Vila Velha

Pedro Permuy

Redação Folha Vitória
Foto: arquivo pessoal

Alessandra e Rogério Fonseca, agora, se sentem curados da depressão que enfrentaram há alguns anos. O casal que mora a bordo de uma Kombi e já passou pelo Espírito Santo (além de outras mais de 280 cidades do Brasil todo) enfrentou a doença com um filho. O baby, que hoje tem 1 ano e 6 meses, nasceu em maternidade de Vila Velha e deixou o Estado com 17 dias de vida.

Agora, a família trouxe o capixabinha de volta à Terra Natal para conhecer as próprias raízes.

“Ele adora viajar. Em qualquer lugar que a gente chega ele olha pela janela para ver se tem algum parque, uma praia… Quando a gente para em posto com caminhão ele imita o som do caminhão, acena para os motoristas… Quando a gente liga a câmera para fazer vídeos ele começa a se movimentar também (risos)”, conta Rogério, à Coluna Pedro Permuy.

Foto: arquivo pessoal

O casal vive da venda de itens de arte que eles mesmo produzem e também de ações pela internet. De quando decidiram ter o primeiro filho juntos até o nascimento de Arthur, o capixabinha, Rogério teve que se submeter a um tratamento, já que havia passado por uma vasectomia anteriormente.

LEIA TAMBÉM: Sensitiva Márcia Fernandes faz previsão para influencer do ES e surpreende

“Quando entrei em depressão decidimos ter um filho. Refiz a operação e comecei a tomar remédios, mas os médicos não deram esperanças. Nisso, decidimos continuar com as viagens e pegamos a estrada. E aí ela ficou grávida. Passamos por São Paulo, Minas, Rio e chegamos ao Espírito Santo. Ela, com quase 8 meses de gravidez, deu à luz Arthur em Vila Velha e fomos embora com ele com 17 dias de vida”, lembra.

Foto: arquivo pessoal

E continua: “Resolvemos voltar agora para agradecer o apoio de várias pessoas que tivemos no nascimento ele e para ele conhecer tudo aqui. Ele adorou a Prainha, em Vila Velha, costuma brincar lá todos os dias. No hospital, a nutricionista ficou impressionada com a alimentação dele. Ele não come nada industrializado, só coisas naturais. Adora melancia, abacaxi, cenoura, inhame… O feijão é cozido com beterraba, espinafre e fígado e ele também adora”.

Por enquanto, o casal confidencia que está morando na Prainha, mas Rogério está renovando sua carteira de habilitação e a família só vai deixar o Espírito Santo de novo quando ele estiver com o novo documento em mãos. “Daqui vamos para a Bahia, que vai ser nosso 11º estado. Em 3 anos de estrada já visitamos mais de 280 cidades e foi muito rápido. Acho que vamos levar mais uns 4 ou 5 anos para terminar todos os estados do Brasil e depois começarmos a América do Sul, que queremos terminar em mais cinco anos”, esclarece.

LEIA TAMBÉM: Ex-prostituta de luxo do ES vai tirar silicone e descobre nódulo na mama

Arthur vai estudar em home schooling com método de colégio americano, como Rogério diz. “Nós vamos ensinar Português, História e Geografia e as demais matérias serão em inglês remotamente”, conclui. 

Foto: arquivo pessoal