Trans posa nua na Itália e desabafa: "Sofri muito preconceito no ES"

PEDRO PERMUY

Entretenimento

Trans posa nua na Itália e desabafa: "Sofri muito preconceito no ES"

A capixaba Sâmella Vinter, de Colatina, abriu o coração à Coluna Pedro Permuy ao comemorar a 3ª capa de revista masculina que ela estampa em ensaio feito em Milão

Pedro Permuy

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução/Instagram @samella_vinter0

Sâmella Vinter abriu o coração à Coluna Pedro Permuy na última semana, quando comemorou sua terceira capa de revista masculina. A modelo de Colatina, Noroeste do Espírito Santo, agora é capa da Hot X, sua terceira revista masculina, que já circula no Brasil. 

Antes, a capixaba posou para a Playboy de Portugal e para a Sexy, também no Brasil. 

"Já passei muita discriminação em Colatina, em Vitória... Eu queria ser quem eu era, mas eu estava em um corpo que não era meu", desabafa. 

E continua: "Fiz dois anos de tratamento psicológico para decidir ser uma mulher realizada e fiz a redesignação em seguida". 

LEIA TAMBÉM: Ex-Playboy, modelo trans de Colatina posa nua na Itália

Na ocasião em que deixou o Espírito Santo, pouco depois da maioridade, Sâmella foi à Tailândia se submeter à cirurgia de redesignação sexual. Ao todo, a modelo gastou cerca de R$ 100 mil com o procedimento.