• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

“Foi uma surpresa”, diz Júlio Oliveira ao saber que Chibale não morre na décima praga

Entretenimento

“Foi uma surpresa”, diz Júlio Oliveira ao saber que Chibale não morre na décima praga

No Instagram, ele costuma publicar fotos e vídeos hilários nos bastidores das gravações e até no mercado com amigos do elenco de Os Dez Mandamentos

Júlio interpreta Chibale em Os Dez Mandamentos Foto: R7

Quando Júlio Oliveira recebeu o convite para interpretar Chibale, em Os Dez Mandamentos, ele sabia que ia morrer na décima praga, a morte dos primogênitos egípcios. Na hora, ele pensou que “ok, vamos até certo ponto”. Só que tudo mudou. O jovem aprendiz de cozinheiro e seu pai conquistaram o público e a “salvação”.  

— Sim! Eu ia morrer! O Chibale é um primogênito egípcio, de um pai que tinha uma fé muito grande nas crenças egípcias, até que vem a contestação dessa fé. Foram dez pragas, que colocam os dois em dúvida, mas devido a resposta do público, a Vivian mudou o final da história pra que ele continuasse. Foi uma surpresa! Estou muito feliz!

O ator conta que acompanhou o trabalho feito pelos atores nas fases anteriores do folhetim e que desde o início, percebeu que seu personagem teria uma ingenuidade e uma doçura características.
Em determinado momento, Chibale esboçou um drama amoroso ao se apaixonar por Ana, personagem de Tammy di Calafiori. Ele acredita que essa descoberta amorosa serviu para mudar a história do personagem.  

— Essa história precisava acontecer para que pudesse iniciar um conflito, que abrisse uma porta de diálogo dele com o pai. Falar sobre amor aproxima todo mundo! Eu recebi muitas mensagens de gente dizendo “Chibale, me ajude”, pedindo conselhos amorosos. Isso é muito comum quando se é mais jovem, confundir amizade com amor, não saber como lidar com aquele sentimento. O amor é maior do que a gente, o amor, entre todas as coisas, ele é inevitável. Quando ele acontece na vida de qualquer um, ele vira a cabeça e cada um reage de um jeito. Chibale acabou ensinando muito ao pai também.
Como a maioria dos atores que estão colhendo os frutos do sucesso da novela, Júlio acredita que a identificação do público foi fundamental.  

— Esse povo que vive em busca da terra prometida, esse povo é o brasileiro. Se a gente for ver é mais que uma história de fé, é uma grande metáfora sobre a vida, antes de qualquer coisa.

No Instagram, ele costuma publicar fotos e vídeos hilários nos bastidores das gravações e até no mercado com amigos do elenco.  

— Nas minhas redes sociais tem apenas 10% do que a gente faz. A gente se diverte muito e acho que você só consegue se divertir assim com quem tem abertura. É família!

Ele não exagera ao dizer que sente que o elenco se tornou uma família.  

— Eu nunca fui tão feliz. Fazendo esse trabalho, eu posso falar que, além de tudo, eu recebo para me divertir. Ainda sou pago por isso! Eu fiz outras novelas e sempre me dei bem com todo mundo, mas o que aconteceu em Os Dez Mandamentos vai além disso. A gente passa dez horas gravando, depois mais cinco horas juntos, em um restaurante japonês, no cinema, está todo mundo o tempo todo junto. A gente dorme um na casa do outro.
O ritmo das gravações está puxado, o elenco grava até tarde e o paulistano Júlio revela que vive entre o Rio de Janeiro, onde estão acontecendo as gravações, e São Paulo.  

— Vivo na estrada, passo horas, fico indo e vindo sempre. Minha mãe mora em São Paulo junto com meu filho, o Scooby [um vira-lata].
O ator conta que estão todos envolvidos com a sequência do Mar Vermelho, que terá cerca de três capítulos. As cenas são gravadas no Brasil e precisam ser levadas para Los Angeles, nos Estados Unidos, para receber tratamento.

Tanta dedicação, tanto amor ao personagem, tanto envolvimento com o elenco teve sua recompensa. Júlio confirma que pode estar em Josué e A Terra Prometida, próxima produção bíblica da Record, que vai mostrar a travessia do povo hebreu pelo deserto. Com isso, Júlio deixa uma pontinha de esperança em relação ao destino de Chibale: será que ele vai embora do Egito com os hebreus?  

— Rolou o convite, sim. Eu tô muito animado, fiquei muito feliz e foi muito inesperado. Já estava contente em saber que o Chibale sobrevivia a décima praga. É uma resposta tão positiva do público. Eu estou muito honrado!

Com informações do Portal R7