Xuxa sobre atração por mulheres: "Não acho difícil"

PEDRO PERMUY

Entretenimento

Xuxa sobre atração por mulheres: "Não acho difícil"

Em entrevista à Caras Argentina, apresentadora abriu o jogo sobre sexualidade, velhice, ensaio nu e sonho de ser vovó

Pedro Permuy

Redação Folha Vitória
Foto: Blad Meneghel

Xuxa decidiu abrir o jogo em entrevista recente que deu à Caras Argentina. Aos 59 anos, a apresentadora foi sincerona e falou desde sua sexualidade até sonho de ser vovó. 

Durante o bate-papo, a Rainha dos Baixinhos também lembrou ensaio nu. 

VAIDADE

"Nesse momento, o que menos gosto no meu corpo é da falta de cabelo e de colágeno. Gosto das minhas rugas, mas ver meu pescoço sem colágeno é muito feio".

LEIA TAMBÉM: Aquaman capixaba! Engenheiro gato vira sósia de herói da DC

ENSAIO NU

"Eu já fiz e faz muito tempo. Quando eu tinha idade e corpo. Hoje sou uma mulher grande, mas gosto de tirar fotos que normalmente não tiro no dia a dia. Se aparecer uma oportunidade de fazer algo artístico, bonito, que ainda não fiz, com todo o cuidado para não me expor, pode ser. Não preciso fazer por dinheiro ou porque gosto de mostrar meu corpo de senhora. Eu insisto: 'Faria se fosse algo diferente e com tudo ou cuidado do mundo".

LEIA TAMBÉM: House of Gucci: mansão luxuosa de Lady Gaga à venda por R$ 6 milhões

ATRAÇÃO POR MULHERES

"Não, nunca. Mas não acho difícil. Porque acredito no amor entre as pessoas, e sei que se eu amasse uma mulher, todos os que me amam verão isso como algo muito mais natural, como deveria ser com todos".

LEIA TAMBÉM: Anitta usa look de quase R$ 35 mil em live de Black Friday

VELHICE

"Fico incomodada com a estupidez de algumas pessoas que acreditam que a velhice não vem para todos".

SONHO DE SER VOVÓ 

"Tenho muita vontade de ser avó e ver minha filha muito feliz no trabalho e na vida amorosa".

HOMOFOBIA

"No momento o Brasil está, nenhum, só atrás em tudo, mas também estamos voltando anos e mais anos. A política do meu país é a pior, e nós, brasileiros, vamos pagar caro para não tirar do governo essas pessoas com discursos racistas e homofóbicos".

SAIR DO BRASIL

"Pensei muito em morar na Argentina ou passar mais tempo conhecendo lugares, como a Patagônia ou outros lugares. Penso em viajar pelo mundo, ser uma cidade do mundo, ter lugares para passar as férias, mas, é claro, ter um lugarzinho cheio de animais e rodeado pela natureza. Penso em uma fazenda longe de todos e de todos".