Taís Araújo volta a falar de caso de racismo e afirma: - Adoro ser um ícone para outras meninas negras

Entretenimento e Cultura

Taís Araújo volta a falar de caso de racismo e afirma: - Adoro ser um ícone para outras meninas negras

Redação Folha Vitória
Atriz sofreu ataque racistas nas redes sociais recentemente Foto: Agência Estrelando

Taís Araújo está chamando cada vez mais a atenção. Não só ela está arrasando em Mister Brau como também virou pauta após sofrer com comentários racistas em suas redes sociais. - As pessoas ficam impressionadas quando a gente fala que o Brasil é preconceituoso. É um país muito atrasado nesse sentido, mas estamos aqui, tentando mu­dar isso. Todo e qualquer negro sofre preconceito neste país. Mesmo depois de famoso e da ascensão social, contou ela em entrevista à revista Estilo.

Dedicada à causa, Taís ainda contou que está aproveitando isso para servir de exemplo, coisa que ela já conta que não teve: - Adoro ser um ícone para outras meninas negras. Quando eu era mais nova, era carente de ícones. Você só via aque­las bonecas loiras e de olhos azuis no mercado e esse era um padrão de beleza impossível de alcançar. Isso é cruel. Sinto-me orgulhosa em ser uma referência.

Sempre muito elogiada por seu estilo, Tais explica que mudou muito seu jeito de se vestir: - Antes eu usava estampas mais jovens, com uma cara de me­nina. Hoje, invisto em peças práticas, como calças, casacos e vestidos.

Pontos moeda