• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Claudia Raia fala sobre chegar aos 50 anos e brinca: -Sou quase a Xuxa e seus baixinhos, em A Lei do Amor

Entretenimento

Claudia Raia fala sobre chegar aos 50 anos e brinca: -Sou quase a Xuxa e seus baixinhos, em A Lei do Amor

-

Claudia Raia realmente sabe como lacrar, não é mesmo? A estrela, que está brilhando como Salete, em A Lei do Amor, está sempre chamando atenção em tudo que faz.

Mas mesmo cercada de amor pelos familiares e fãs, existe uma data que ela não curte muito, o momento de assoprar as velinhas e comemorar mais um ano de vida. Fazendo aniversário no dia 23 de dezembro, a estrela contou, em entrevista ao jornal Extra, que não curte a data pela proximidade das festas de final de ano:

- Me angustiava a época de criança por conta dos presentes e da festa. Todos os amigos viajavam, não tinha ninguém, era aquele bolinho lá... Tenho trauma.

Bem pertinho dos 50 anos, a estrela ainda falou que não teme a idade e que normalmente aproveita para comemorar viajando com o marido, Jarbas Homem de Melo e os filhos, Enzo e Sofia:

- Cheguei numa maturidade emocional. Falo menos, me intrometo menos, me envolvo menos. Mas isso não me dá menos vontade de viver. Só me deixou mais seletiva. Não tenho saudade dos meus 20 anos. Fiquei com o melhor da juventude. Estou muito bem para os meus 50 anos.

Para viver sua personagem na trama das nove, ela está sempre cercada de jovens e contou que adora toda essa proximidade:

- Sou quase a Xuxa e seus baixinhos em A lei do amor. Porque estou rodeada de jovens. Fico parada, falando, e eles todos me ouvindo, é quase uma palestra. E digo para eles, que estão sempre conectados, com pressa, insanos: Que chato ser vocês!. Quando a gente vai ficando velho, fica pretensioso, acha que sabe tudo, e caga regra. Não ficamos mais tolerantes. Hoje a burrice e a incompetência me irritam mais. Saio de perto, senão vou dar uma sapatada na cabeça da pessoa. Aí vem a diferença da maturidade.

E mesmo com esse contato, ela revelou que os garotões não fazem seu estilo na hora do namoro:

- Tenho um jeito muito expansivo, vira e mexe tem alguém falando alguma coisa e eu finjo que não vejo. Jovens, menos jovens, mas não é de agora. Eu não gosto de garotão. Nunca gostei. Não acho graça, acho desinteressante. É muito raro, às vezes, tem até uma pessoa mais madura, mas eu não sou uma papa anjo. Não gosto. O Jarbas é três anos mais novo que eu, mas foi a primeira vez que isso aconteceu.

A estrela ainda comentou a cura de Edson Celulari, que passou por uma fase difícil no ano de 2016, ao ter que se tratar de um câncer:

- No que ele me contou da doença, me pediu o suporte, enquanto ele se reestruturava, quase desabei. Mas ele está muito bem assessorado. A Karin Roepke (atual mulher de Edson Celulari) é uma companheira nota mil. Nem sempre quando uma pessoa tem uma doença, tem aquele parceiro ali do lado até o fim. E ela foi e é maravilhosa. Digo sempre para os meus filhos agradecerem todos os dias a ela. Edson se curou porque tem merecimento mesmo, e tem uma cabeça incrível. Se não tivesse, não teria se curado em tão pouco tempo. Meus filhos viram o pai tranquilo, positivo sempre e foram guerrear junto com ele.

Ela também elogiou seu atual, Jarbas:

- Eu só cuidava. E Jarbas me ensinou a ser cuidada. Ele gosta que eu cuide também, até porque eu não poderia ter um homem que não me deixase fazer isso. Quando ele me vê fazendo muitas coisas ao mesmo tempo, me chama: ‘Menina, você vai sentar aqui agora e eu que vou fazer’. Ele me ensinou a me acalmar.