Gagliasso agradece à polícia por identificar suspeitos de ofender a filha: "Preconceito é crime"

Entretenimento

Gagliasso agradece à polícia por identificar suspeitos de ofender a filha: "Preconceito é crime"

O ator fez uma nota de agradecimento após a polícia cumprir mandados de busca e apreensão durante as investigações das ofensas sofridas pela sua filha

Titi nasceu no Malauí, na África, e foi adotada neste ano por Bruno e Giovanna Foto: Reprodução/Instagram

Bruno Gagliasso fez uma nota de agradecimento à Polícia Civil do Rio após cumprir três mandados de busca e apreensão durante as investigações das ofensas sofridas pela sua filha nas redes sociais. No comunicado assinado por ele e Giovanna Ewbank, eles reafirmam a posição de luta contra o preconceito. 

— Agradecemos a polícia por ter elucidado todo o caso da agressão a nossa filha. Temos consciência de que ela é apenas mais uma das milhares de pessoas vítimas de preconceito todos os dias nesse país, um país que também é vítima recorrentemente de falta de investimento em educação e de ações afirmativas contra o preconceito racial. Não podemos ser tolerantes com o preconceito. Preconceito é crime! Converse com seus pais, com seus filhos e na sala de aula, e, se for vítima de agressão, denuncie, não deixe passar. Temos que colocar luz sobre esse problema. Bruno e Gionanna.

Titi nasceu no Malauí, na África, e foi adotada neste ano por Bruno e Giovanna.

Com informações do Portal R7.