'Galveias', de José Luís Peixoto, ganha o Oceanos

Entretenimento

'Galveias', de José Luís Peixoto, ganha o Oceanos

Redação Folha Vitória

São Paulo - Galveias, ambientado na aldeia natal do escritor José Luís Peixoto, ganhou nesta terça-feira, 6, à noite, o primeiro lugar do Oceanos - Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, do Itaú Cultural. O romance fala sobre o choque de um país, Portugal, preso às tradições e à modernidade que assolam a sociedade. Na cerimônia, Peixoto dedicou o prêmio à sua aldeia Galveias, "com seus mil habitantes que resistem (com sua cultura), assim como alguns lugares no Brasil". O segundo lugar ficou com A Resistência, de Julián Fuks, vencedor do Jabuti na categoria romance e como Livro do Ano de ficção. A poesia em O Livro das Semelhanças, de Ana Martins Marques, e os contos Maracanazo e Outras Histórias, de Arthur Dapieve, também foram contemplados.

Em seu segundo ano, o prêmio, que se chamava Portugal Telecom de Literatura e teve 14 edições, recebeu um número recorde de inscrições: 740, entre romances, poesia, contos e crônicas e dramaturgia.

A festa de premiação ocorreu no Auditório Ibirapuera e prestou uma homenagem ao escritor sergipano Antonio Carlos Viana que, antes de morrer em 10 de outubro, aos 72 anos, era um dos dez finalistas com Jeito de Matar Lagartas. O livro havia recebido o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) na categoria Contos/Crônicas.

A curadoria deste ano foi feita pela idealizadora do prêmio, Selma Caetano, e pelo jornalista e crítico literário Manuel da Costa Pinto, que dividiram a seleção dos melhores em três etapas. Na primeira, 42 jurados escolheram 50 livros que foram submetidos a outros avaliadores, que chegaram aos 10 finalistas. Um novo júri teve a difícil tarefa de chegar aos quatro livros vencedores.

O total de prêmios em dinheiro do Oceanos este ano foi de R$ 230 mil: R$ 100 mil para o primeiro lugar, R$ 60 mil para o segundo, enquanto o terceiro e o quarto lugares receberam R$ 40 mil e R$ 30 mil, respectivamente (em valores, Oceanos só perde para o São Paulo de Literatura).

Com a divulgação dos ganhadores do Oceanos, encerra-se a temporada de prêmios literários, que começou em novembro do ano passado com a escolha da APCA, seguido pelo São Paulo de Literatura, do governo do Estado, o da Biblioteca Nacional e o mais tradicional do País, o Jabuti da Câmara Brasileira do Livro (CBL).

Vencedores

1º Lugar

'Galveias', José Luís Peixoto

2º Lugar

'A Resistência', Julián Fuks

3º Lugar

'O Livro das Semelhanças', de Ana Martins Marques

4º Lugar

'Maracanazo e Outras Histórias', Arthur Dapieve

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.