• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nutricionista explica como preparar uma ceia sem sair da dieta. Veja as dicas!

Entretenimento

Nutricionista explica como preparar uma ceia sem sair da dieta. Veja as dicas!

Mas para não sair da dieta e nem estragar o projeto verão de muitos capixabas, a nutricionista Bianca Passos explica que é possível preparar ceias mais leve

Outra tradição na mesa dos brasileiros é o peru de Natal Foto: Divulgação

Final de ano é a época oficial de sair da dieta e enfiar o pé na jaca com as inúmeras delícias gastronômicas. Peru, farofa, panetone e rabanada são algumas das receitas típicas que muitos brasileiros não abrem mão.

Mas para não sair da dieta e nem estragar o projeto verão de muitos capixabas, a nutricionista Bianca Passos explica que é possível preparar ceias mais leves, com menos gorduras e açúcares.

A dica é apostar em hortaliças, frutas, cereais integrais e condimentos naturais, capazes de proporcionar pratos saudáveis e com mais cores e sabores.

Além disso, as oleaginosas como avelã, nozes e pistache estão em alta neste período. Mas a especialista alerta que é preciso consumir com muita cautela.

“Mix de oleaginosas, ricas em gorduras insaturadas, como amendoim (sem casca), amêndoas, avelãs, nozes, castanha de caju, castanha do Brasil e pistache, com frutas secas, como uvas-passa e damascos, também são opções muito saborosas, que agradarão a família e seus convidados. Porém, vale lembrar que são ricas em calorias! Mas costumo dizer que são o lado bom das comidinhas de Natal”, explica.

Outra tradição na mesa dos brasileiros é o peru de Natal. Segundo a nutricionista, a carne é uma ótima pedida porque tem pouca gordura, assim como frango e tender magro. 

“O chester, frango e tender magro são boas opções, pois são carnes magras e leves. Quem quiser variar pode apostar em peixes como o bacalhau ou o robalo. Se dessalgado da maneira correta, com dois dias de antecedência, o bacalhau não é problema nem mesmo para quem tem hipertensão. Já a carne de porco, no entanto, deve ser evitada devido ao alto teor de gordura. Entre todas as opções de carnes existentes para as comemorações de fim de ano, é melhor dar preferência às assadas e grelhadas. Se possível, retirar a pele, rica em gordura e calorias”, pontua.

Outra questão que pode estragar a dieta são as bebidas. De acordo com Bianca, a dica é apostar em água com gás aromatizada e sucos integrais, como de uva e frutas vermelhas.

“A bebida pode ser super saudável. Prepare um ponche de frutas sem álcool para acompanhar os petiscos ou água com gás aromatizada com raminhos de alecrim, hortelã e morangos frescos. Além de um visual lindo na mesa, dão um sabor especial à água. Substitua os refrigerantes por sucos de uva integral ou de frutas vermelhas, que estão relacionados à redução do colesterol, à proteção contra o câncer e à prevenção do envelhecimento precoce”.

Para não fugir da dieta, confira as dicas da especialista:

 Substitua o arroz tradicional pela versão integral ou sete grãos. Essas variações têm grande valor nutritivo e pouco calórico.

 Para deixar a farofa leve, prefira azeite na hora do preparo no lugar da manteiga ou margarina. Misture legumes picados como pimentão, azeitonas, cenoura, cebola e salsinha no lugar de linguiça e bacon. 

 E se você não abre mão de panetone ou rabanada, tente preparar as duas em casa ou comprar de alguém que faça artesanalmente, garantindo menos açúcar, gordura e conservantes. Decore com frutas secas e frescas.

 Para evitar a famosa sensação de “comi demais” no estômago pós-ceia, coma uma fruta cítrica ou aposte em chá verde, de capim limão ou erva cidreira, que têm propriedades digestivas.