Escritora de Presidente Kennedy lança dois livros em Portugal

Entretenimento

Escritora de Presidente Kennedy lança dois livros em Portugal

Os livros serão lançados em fevereiro no Clube Literário Chiado, em Lisboa

A jornalista kennedense Isa Colli se prepara para lançar mais dois livros, um infantil e um romance, com fatos reais Foto: ​Divulgação

A escritora ítalo-brasileira Isa Colli vai a Portugal lançar dois livros. O próximo livro infantil da escritora, ‘A Fazendinha’, será apresentado em fevereiro no Clube Literário Chiado, em Lisboa. Nesse mesmo dia será lançado também o romance ‘O Recomeço’, baseado em fatos reais.

A autora é jornalista e foi criada pelos pais agricultores na localidade de Monte Belo, no interior de Presidente Kennedy

Enquanto ‘A Fazendinha’ conta a história de Felícia, uma menininha que ama as plantas e os animais, os protagonistas de ‘O Recomeço’ lutam contra um inimigo poderoso e invisível, uma doença grave.

Isa Colli, autora também de poesias e contos, afirma que escrever para crianças é prazeroso exatamente porque é possível abordar assuntos sérios de forma lúdica, com a certeza de que as lições passadas através das fábulas serão aprendidas. 

“Quem nunca foi advertido pelo filho pequeno para não deixar a torneira aberta ao escovar os dentes, porque senão vai acabar com a água do Planeta? As crianças não esquecem lições como essa”, comenta.

Se depender dos livros da autora, as próximas gerações terão uma ampla consciência ambiental, capaz de salvar o planeta, mais gentil e preparada para atos de generosidade que certamente farão diferença no mundo.

A escritora é autora de vários livros infantis e todos eles abordam a sustentabilidade e a necessidade de proteção ao meio ambiente, do respeito pelo próximo, da tolerância às diferenças e da valorização do consumo de alimentos saudáveis e sem agrotóxicos, temas de fundamental importância numa sociedade que parece caminhar para o caos. 

Isa tem sete livros publicados. No ano passado lançou ‘O Pirulito das Abelhas’, na 86ª Feira do Livro de Lisboa, e na Bienal Internacional do Livro de São Paulo. O livro foi traduzido para o inglês e francês e é vendido em vários países da Europa.