Mais livres que nunca: sobrancelhas marcam época! Saiba mais sobre micropigmentação, brow lamination e microblanding

Edu Coutinho Colunista de Entretenimento

Aspecto natural e farto é tendência para os fios de sobrancelha. Saiba mais sobre método que promete esse efeito

 

A sobrancelha é a grande responsável por definir o olhar, seja mais natural, fina, volumosa ou arqueada, ela compõe uma região do rosto que não passa despercebida – e merece atenção! Esse “detalhe” importantíssimo da face reflete também as mudanças de comportamento e tendência de várias épocas. Nos anos 20, por exemplo, elas eram discretas e arredondadas, nos anos 50 passaram a ser mais preenchidas e arqueadas, nas décadas de 70 e 80, ganharam mais força, nos anos 2000, voltaram a ficar finas e desenhadas.

 

Atualmente, estão mais livres que nunca, à lá Gabriela, personagem do escritor Jorge Amado: “eu nasci assim, eu cresci assim”, porém, com um toque de técnica. Essa liberdade de ser o que se é condiz com o momento de libertação e empoderamento feminino. Famosas como Bruna Marquezine, Grazi Massafera e Anitta são algumas das adeptas das sobrancelhas cheias e com aspecto natural (trend!), conquistadas com a ajuda da micropigmentação – um tratamento semidefinitivo que promete mudar a expressão facial.

 

Juliana Bragança, fala sobre micropigmentação. Foto: Divulgação

 

“Para quem sofre com falhas, sobrancelhas ralas ou até desniveladas, o procedimento de tatuagem cosmética que imita fio a fio – o microblading – é um dos melhores métodos para alcançar um resultado natural, com maior durabilidade que a maquiagem, que precisa ser aplicada diariamente e pode borrar”, explica a micropigmentadora Juliana Bragança, uma das pioneiras no segmento no estado e detentora do prêmio Top Of Mind Brazil 2019 e 2020 como melhor clínica de micropigmentação de Vitória.

Juliana Bragança, uma das pioneiras no segmento no estado e detentora do prêmio Top Of Mind Brazil 2019 e 2020 como melhor clínica de micropigmentação de Vitória. Foto: Divulgação

 

  1. A micropigmentação é definitiva?

“Não. O processo de dermopigmentação da pele é temporário. Dura entre seis meses a um ano, com retoque de cerca de 30 a 45 dias após a primeira sessão. A técnica é baseada no estudo das linhas faciais e atinge apenas a primeira camada da pele. Os fios mantem sua fase de crescimento e a limpeza dos pelos deve continuar sendo feita da mesma forma até a próxima micropigmentação para manter o design”, explica.

 

  1. Quanto tempo leva para cicatrizar?

“Assim como as tatuagens comuns, as cosméticas também precisam de tempo para cicatrizar. A camada mais superficial da pele costuma se curar em até 14 dias, mas as camadas inferiores só completam o processo de cicatrização entre quatro a seis semanas”.

 

A sobrancelha é a grande responsável por definir o olhar, seja mais natural, fina, volumosa ou arqueada, ela compõe uma região do rosto que não passa despercebida – e merece atenção! Esse “detalhe” importantíssimo. Foto: Divulgação

 

  1. Quais são os cuidados que devo tomar?

“É importante tomar alguns cuidados para garantir uma boa cicatrização e maior durabilidade, como manter a sobrancelha limpas e seca, evitar exposição ao sol e à água, e resistir a vontade de coçar a área, já que tudo isso pode fazer a pele descamar. Além de não passar produtos com ácidos na primeira semana”, orienta.

 

  1. Vai ficar igual a sobrancelha das famosas? 

Segundo Juliana, essa é uma questão comum, porém, a micropigmentadora ressalta que não existe uma fórmula ou um padrão de sobrancelha ideal. “Às vezes as mulheres e homens chegam até a clínica com uma foto de inspiração, mas temos que levar em consideração o formato do rosto de cada pessoa, o que realça a sua beleza. Pode ficar parecido ou até igual, mas precisa harmonizar com você!”, avalia.

Tags:,

Deixe sua resenha!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *