Após ataque à corredora, Polícia Militar orienta: “não vá sozinho ao Morro do Moreno”

Prefeitura Municipal de Vila Velha/ES. Secretaria Municipal de Comunicação. Monumento: Morro do Moreno. Fotográfo: ?.

A agressão sofrida pela ultramaratonista Rita Cássia Araújo no Morro do Moreno repercutiu nas redes sociais e mobilizou corredores de todo o país. O Blog Corrida de Rua foi atrás de respostas sobre o policiamento realizado na região e cobrou medidas que possam ser tomadas para aumentar a sensação de segurança no local.

O major Leandro Menezes, subcomandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, unidade responsável pela segurança do bairro Praia da Costa, onde está localizado o Morro do Moreno, explica que a polícia divide a atuação preventiva junto a Guarda Municipal e que o número de ocorrências de crimes no local, se comparado com outras regiões da Praia da Costa, é muito menor. “Mesmo assim, temos feito o policiamento durante a semana e principalmente nos finais de semana. É a nossa presença, inclusive, que possibilita um maior número de pessoas irem visitar o local”.

Segundo o subcomandante, a maioria das abordagens policiais são a usuários de drogas que vão até o Morro do Moreno fazer o consumo de entorpecentes. “O que ocorre é que abordamos, encaminhamos essas pessoas às delegacias, no entanto, a legislação não as mantém presas”, explica.

Major Menezes orienta as pessoas que freqüentam a região para turismo ou para a prática de esportes para irem acompanhadas.

“Não colocamos a culpa na vítima, mas orientamos as pessoas a não irem sozinhas por ser um parque de pouca movimentação em determinados horários e por existir um intenso consumo de drogas”, disse o subcomandante.

photo_5 (3)
Rita de Cássia Araújo levou três pontos na cabeça

Rita de Cássia foi agredida, por volta das 6h20 da manhã, próximo à antena do Morro do Moreno. No momento, ela realizava o treino sozinha e não carregava objeto de valor. “Eu estava apenas com o relógio e um fone de ouvido no pescoço”.

Informado sobre as condições em que a atleta foi agredida, o major Menezes voltou a ressaltar a importância de estar acompanhado ao passar pelo local. “Por se tratar da prática de esportes a precaução deixa de ser apenas uma questão de segurança pública, mas também de saúde. Se o atleta tem um mal súbito e está sozinho, por exemplo, o tempo de resgate será muito maior”.

Sobre a possibilidade de ampliar o patrulhamento no Morro do Moreno logo no início da manhã, quando é comum um número maior de atletas freqüentando a região, o subcomandante afirma: “O radiopatrulhamento funciona durante 24 horas, mas nada impede que façamos um roteiro de policiamento. No entanto, nesse horário de 6h da manhã temos uma cidade de 460 mil habitantes que precisamos dar cobertura de policiamento nos pontos de ônibus, nas escolas e principalmente nos acessos à Terceira Ponte”.

Major Menezes informou também que esse tipo de agressão sofrida pela atleta Rita de Cássia é raro “Nunca registramos esse tipo de evento”.

A hipótese de um estuprador estar agindo na região foi descartada pelo subcomandante. Segundo ele, não há registros de estupros recentes no local.

Por fim, a Polícia Militar orienta que em qualquer situação suspeita o número 190 deve ser acionado.

Prefeitura de Vila Velha promete novas medidas

Em nota, a Prefeitura de Vila Velha informou que “se reunirá com a Polícia Militar para traçar novas medidas de segurança para a área” e ressaltou: “vale lembrar que a região já conta com patrulhamento feito pela PM e pela Guarda Municipal”.

Segundo a PMVV, o patrulhamento é realizado com motos e viaturas no Morro do Moreno. Inclusive, em 2014, a Guarda Municipal apreendeu pessoas com armas falsas no local que seriam utilizadas para assaltar turistas.

“Os agentes tem, principalmente, fiscalizado aos fins de semana, quando muitos cidadãos procuram esses locais para o lazer. No Morro do Moreno, as viaturas têm feito o percurso até o topo do morro e também na base, a fim de proporcionar uma maior sensação de segurança para os moradores da região”, informa a PMVV.

A possibilidade da criação de uma guarita para o controle de entrada e saída de visitantes no acesso ao Morro do Moreno foi descartada pela Prefeitura de Vila Velha. “O Morro do Moreno não é um Parque Municipal. A área, em sua maioria é privada, e segundo o Plano Diretor Urbano (PDM) de Vila Velha, é uma Zona de Interesse Ambiental (ZEIA)”. Por isso, a administração não pode impedir ou limitar, segundo a PMVV, a circulação de pessoas pelo local. “A segurança pública é dever do Estado, em qualquer espaço. A Guarda Armada complementa o trabalho da Polícia Militar”. (Crédito da foto destaque: site da PMVV).

One Reply to “Após ataque à corredora, Polícia Militar orienta: “não vá sozinho ao Morro do Moreno””

Leave a Reply

Your email address will not be published.