Garoto: sonho prestes a virar realidade após enfermeira superar lesão, infecção e obesidade

A Dez Milhas Garoto 2019 será especial para a enfermeira e estudante de Medicina Vilma Ferrari Coutinho, de 49 anos. Não só porque será a primeira vez que participará da prova, mas, principalmente, por tudo que já passou até se tornar corredora.

Em 2015, ela conta que estava obesa, com 30 kg acima do peso. Além disso, tinha uma fascite plantar incapacitante, por causa de um esporão de calcâneo, e mal conseguia andar direito. “Mancava muito e não fazia atividade física nenhuma, pois o pé doía muito. Vivia nervosa e tensa, e o apetite e o peso só aumentavam. Cheguei a 95 kg com 1,68m de altura”, lembrou.

Foi então que resolveu fazer uma cirurgia para retirada do esporão do calcâneo. No entanto, veio um imprevisto: “Tive uma infecção hospitalar. Fiquei do dia 7 de dezembro de 2015 ao dia 13 de janeiro de 2016 internada por causa da infecção. Quando saí do hospital, eu não mancava mais e estava de muletas, pois não conseguia colocar o pé no chão. Foi bem sério mesmo”.

Perda de peso

Todas as vezes que ela voltava para a revisão, o médico dizia: “Vilma, você tem que emagrecer”. Mas ela confessa que não conseguia. Então tomou uma decisão: “Resolvi fazer uma cirurgia bariátrica. Em 1º de maio de 2016, fui operada. Com dois meses de operada, eu já andava normal , sem mancar. Então resolvi fazer pequenas caminhadas. Andava ao redor do estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (ela é capixaba, mas foi para terras cariocas a trabalho há 7 anos) e lá muita gente corria.  Comecei a dar pequenos trotes e, posteriormente, a correr também”.

Foi paixão à primeira vista. Então com 46 anos, em julho de 2016, ela se tornava uma corredora.

Dez Milhas Garoto

Chegou a hora então de estrear na Dez Milhas Garoto, no dia 29 de setembro. A ansiedade é grande. “É um sonho. Todos os anos tenho superado meus limites. Quero muito fazer por ser uma corrida tradicional no Espírito Santo e porque sou capixaba e amo este Estado. Além disso, estar no ES com a família e fazendo o que gosto será gratificante”, celebrou Vilma.

Preparação

“Sou disciplinada, tenho cumprido direitinho minha planilha de treinos. Estou bem ansiosa! Minha rotina é basicamente de fortalecimento, corridas curtas, treinos regenerativos, longos nos fins de semana e alimentação saudável”, relatou.

Ela contou também como é conciliar a corrida com a rotina de trabalho: “Sou enfermeira e trabalho por escala 24x72h.  Então meu tempo para treinar é bom. Não tenho o que reclamar”.

Garotada

Enquanto Vilma irá disputar a Dez Milhas Garoto, os dois filhos, Kauã, de 9 anos, e João Orlando, de 11, vão fazer a Corrida Garotada, no dia 28 de setembro.

“Meus filhos irão fazer a Garotada pela primeira vez, mas já participam de corridas há bastante tempo! Aqui em casa o esporte é muito incentivado. Kauã faz futebol, natação e corrida. João Orlando faz voleibol, futebol e corrida”.

Parabéns por sua história de superação, Vilma. Boa sorte na Dez Milhas Garoto!

Se você quiser contar sua história e sua experiência na Dez Milhas Garoto, entre em contato pelo e-mail [email protected]

Serviço

30ª Dez Milhas Garoto

Data: 29 de setembro de 2019

Horário da largada por categoria:
– Atleta cadeirante: 7h10 em pelotão único
– Elite feminino: 7h15 em pelotão único.
– Elite masculino/pelotão premium e geral: 7h30 em pelotão único.

Local de largada: Avenida Dante Michelini x Avenida Luiz Manoel Vellozo, Praia do Camburi (Vitória-ES)

Inscrições pelo site: www.dezmilhasgaroto.com.br

Valores da inscrição:
Individual: R$ 90,00
Pacotes Familiares: R$ 115,00 (1 adulto e 1 criança); R$ 140,00 (2 adultos e 2 crianças); R$ 165,00 (1 adulto e 3 crianças)
Pelotão Premium: R$ 250,00 (150 vagas)
Entrega do kit: 27 e 28 de setembro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *