Superação e emoção de sobra no Circuito Capixaba de Montanhas, em Matilde

Este domingo (18) foi dia de adrenalina, superação, sol escaldante e muitos desafios na quarta etapa do Circuito Capixaba de Montanhas, em Matilde (Alfredo Chaves). Teve muito morro, estradão, bambuzal, cachoeira, trilhos e trilhas… Enquanto eu disputava a prova de 16km – cuja distância final superou os 19km -, minha esposa acompanhava a chegada dos vencedores e sentia o clima da conquista pessoal de cada atleta após essa prova de alto nível de dificuldade.

Ela aproveitou a ocasião para ouvir os relatos dos campeões. Veja o resultado final de todos os participantes.

7km

Erica Cunha e Daniel Pereira: vencedores da prova de 7km

Campeã dos 7km feminino, Erica Cunha, de 27 anos, destacou: “É a primeira vez que corro em Matilde. Sou atleta de pista, então o maior desafio aqui era tentar segurar o ritmo.  É uma prova que força bastante e não dá para correr rápido. A idade é vir para se divertir. O percurso faz você parar e respirar um pouco. É uma adrenalina total nas subidas e descidas”.

Campeão dos 7km masculino, Daniel Pereira Santos, de 33 anos, comemorou: “É um prazer imenso participar do Circuito Capixaba de Montanhas. Não é minha especialidade, é uma prova muito difícil. A maior motivação é a superação dos limites e conseguir ficar sempre entre 10 melhores corredores do Espírito Santo. Corrida para mim é um hobby e aproveito para tirar um pouco do estresse”.

16km

Laura Pereira: campeã dos 16km

Vencedora dos 16km feminino, Laura Pereira da Silva, de 38 anos, falou do grande desafio: “Tive que andar de quatro, escorregar… mas foi um visual maravilhoso. A prova foi sinistra e precisamos de muita superação. Foi uma grande experiência. O legal é poder ajudar o próximo e dar força para quem está precisando no decorrer da prova”.

A prova de 16km masculino teve um fato inusitado, Davi do Espírito Santo, de 31 anos, e Luciano Magno Papaléguas, de 44 anos, que são aluno e professor, respectivamente, cruzaram a linha de chegada juntos.

Davi e Luciano: aluno e professor

“Tive a honra de correr com meu treinador e chegamos juntos., Graças a Deus, deu certo. Espírito da corrida é a amizade. Fui campeão dos 7km no ano passado e venci os 16km este ano. O maior desafio são os morros, que são muito altos e puxados”, disse Davi.

“Sou corredor e treinador do Davi, que foi o campeão. O espírito da corrida é o respeito e a amizade entre nós. Foi uma prova de superação, mas o objetivo foi cumprido. Foi puxado, mas a paisagem é linda”.

23km

Na prova de 23km, os vencedores foram Odileia Aparecida Souza e Kassius Schimidt Ramos.

Na torcida pela chegada dos atletas, estava a pequena Helena, de 10 anos, à espera do pai Osvaldo Rosa, de 35 anos, quye fez a prova de 7km. “É uma motivação a mais por saber que ela está aqui. A vontade de terminar é maior ainda. Ela é meu maior troféu”.

Osvaldo Rosa com a pequena Helena

Organização

Ao organizador do Circuito de Montanhas, Orlando Gorza Rezende, nossos parabéns por proporcionar esse desafio, permitir que pudéssemos superar nossos limites e, ainda, contemplar a natureza e belas paisagens, apesar de todo desgaste e todas dificuldades no decorrer do percurso. Até a próxima!

4 Replies to “Superação e emoção de sobra no Circuito Capixaba de Montanhas, em Matilde

  1. Muito legal,deram destaque para as distâncias de 7km e de 16km,enquanto a distância principal que foi a de 23km apenas falaram os nomes dos campeões e nem se quer os entrevistaram
    Eu como leitor e internauta gostaria de saber um pouco como foi a experiência dos campeões dos 23km.
    Obrigado!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *