Coronavírus: francês corre uma maratona na varanda durante isolamento

O francês Elisha Nochomovitz, de 32 anos e radicado em Balma, a sul de Toulouse, correu uma maratona na varanda da sua casa. Num espaço de sete metros por um, o corredor, com 36 maratonas na sua carreira, decidiu dar um exemplo aos franceses, já que muitos desvalorizam a pandemia do coronavírus.

Ele já estava inscrito nas maratonas de Paris e Barcelona, ambas provas adiadas com a chegada da pandemia. Por isso, viu-se obrigado a alterar por completo os seus hábitos, mas não a sua paixão.

Em confinamento em casa, Elisha Nochomovitz teve a ideia de correr uma maratona na varanda da sua casa, o que acabou por conseguir com o tempo final de 6h48, em pouco mais de 3 mil voltas.

Em entrevista à CNN, ele contou que, pelas particularidades do ‘percurso’, ele não conseguia manter o ritmo, precisando dar meia-volta a cada poucos passos. Sua maratona na sacada foi acompanhada de perto pela namorada, que o ajudou com a hidratação e a reposição de carboidratos, esta feita com refrigerantes e chocolates.

One Reply to “Coronavírus: francês corre uma maratona na varanda durante isolamento”

  1. Parabéns pelo feito que foi superado pela capixaba Vinicius Pereira – Coronavírus: capixaba corre 46km dando voltas em sua residência
    POSTED ON30 DE MARCH DE 2020AuthorMatheus Thebaldi

    Está virando moda corredores lançarem desafios de percorrer longas distâncias dentro de casa durante a quarentena. O capixaba Vinícius Pereira, mais conhecido como “Argentino”, alcançou uma façanha neste último domingo (29), quando correu nada menos do que 46km em sua residência, num total de 5h45min.

    Ele se inspirou no francês Elisha Nochomovitz , que correu uma maratona em sua varanda de 7 metros, e foi além. Veja como foi a experiência do corredor capixaba:

    “Li a matéria do francês que tinha feito 42km dentro de casa em um percurso de 7 metros, aí não deu outra: ‘Vou fazer também’. Um dia antes, medi o percurso, contando quintal, fundos de casa, garagem e frente de casa, dando 50 metros, ou seja, indo e voltando, 100 metros.

    Hoje (domingo) eu acordei às 5h40 e preparei tudo. Comecei a correr, mas eu marquei pelo Strava e não deu muito certo, porque com 2 horas de corrida estava dando 2km.

    Argentino dividiu parte do desafio com um ultramaratonista
    À tarde, vi uma live no Instagram que um ultramaratonista também estava fazendo esse desafio marcando no celular. Aí perguntei o APP que ele estava usando e baixei. Fui novamente tentar, aí deu certo usando o Nike Run. Coloquei o aplicativo para corrida em ambiente fechado e fui.

    Foi tenso porque, em um percurso de 100 metros (ida e volta), tinha que fazer 420 voltas. Mas fui muito bem. Foi um novo desafio quebrado, graças a Deus.

    O francês fez 42km em uma varanda de 7 metros, então fiz uma ultramaratona no percurso de 100 metros!
    Equipe Romário
    #Deusenossaforça

    Parabéns, “Argentino”. Exemplo de superação e de que basta acreditar para alcançar qualquer que seja o feito.

    #fiquememcasa

    Posted in CoronavírusTagged argentino, coronavírus, covid-19, desafio, isolamento, quarentena, UltramaratonacommentLeave a Commenton Coronavírus: capixaba corre 46km dando voltas em sua residência
    Post navigation
    Coronavírus: professor mineiro corre maratona dentro do apartamento“Nutri que corre” traz dicas de receitas fáceis e alimentos magros durante isolamento
    0 Replies to “Coronavírus: capixaba corre 46km dando voltas em sua residência”
    CLAUDIOMIR TEMP says:
    1 de April de 2020 at 13:18
    Your comment is awaiting moderation. This is a preview, your comment will be visible after it has been approved.
    Parabéns ao capixaba Vinícius Pereira, mais conhecido como “Argentino” que alcançou uma façanha neste último domingo (29), quando correu nada menos do que 46km em sua residência, num total de 5h45min. Exemplo de garra e superação!

    REPLY

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *