Dia das Mães: paixão e dedicação de sobra na rotina de Wandsela

Elas trabalham, cuidam da casa e dos filhos e ainda correm. O Dia das Mães para as corredoras que exercem essa bela missão é ainda mais especial. Em homenagem à data, o blog Corrida de Rua vai contar as histórias de duas delas.

A microempresária e corredora Wandsela Cristina Alves Gomes Cardoso, de 38 anos, é mãe de Arthur, de 14 anos, e Alice, de 5. Na entrevista abaixo, ela conta como é sua rotina e ainda como divide o seu tempo com a paixão pela corrida.

Como é sua rotina de mãe e corredora?

“Não há dúvidas de que as mulheres são capazes de conciliar vários papéis em suas rotinas disputadas por profissão, filhos, companheiros e família. Procuro fazer meus treinos pela manhã com uma assessoria, quando meus filhos estão na escola. E quando não dá, meu esposo me auxilia com as crianças.

E durante a pandemia do coronavírus?

“Agora com a pandemia, estamos treinando em casa e, quando dá, estamos procurando lugares isolados para treinarmos (procuro ir sozinha, mas, às vezes, vamos em família), com toda precaução e distante de outros atletas. O Arthur me ajuda muito com a Alice”.

Arthur correu a Garotada e Alice, a Maratoninha

Eles treinam com vc ou já fizeram alguma corrida?

“O Arthur, às vezes, vai comigo mesmo e já está fera (risos). Outras vezes faz sozinho seus treinos, e a Alice, após meus treinos, levo para fazer os seus. No ano passado, Arthur participou da Garotada e Alice, da Maratoninha Capixaba.  Precisamos de mais corridas infantis no Estado para incentivar mais as crianças”.

Como é ver seus filhos seguindo seu exemplo?

“É minha felicidade. Se nós incluímos o esporte na rotina para fugir do sedentarismo e ganhar pique, para eles é uma grande brincadeira, é farra, é puro instinto. Pode ser mais. Pode ser o pontapé para uma adolescência e uma vida adulta ativa e saudável”.

Wandela começou a correr há dois anos: “Virou um vício bom”

Você contou que já inspirou outras mães a correr. Como se sente com isso e em ser exemplo para a promoção de saúde?

“O prazer em correr virou um vício bom e passo isso para todos em minha volta: mais disposição, mais saúde. Fico feliz em ver que algumas mães se inspiraram em mim e começaram a praticar também, procurando bem-estar e mais saúde”.

Para as demais mães que não correm, qual sua dica? Dá pra conciliar todos os afazeres com o prazer da corrida?

“Minha dica é: Não pense muito antes de sair para correr. Dar conta de ser mãe, esposa, dona de casa, administradora , estudante, atleta no meio do caminho. Não acho que dá para fazer tudo 100%, mas dou o meu melhor, desde estar com meus filhos até fazer meus treinos.
Não deixe para amanhã, comece hoje.

Quando comecei, há dois anos, a minha maior desculpa era o tempo. Hoje, treino às 5 da manhã e, às vezes, às 21 horas. Mesmo cansada, após a corrida me sinto descansada.

Ccorrida para ocupados é justamente para quem quer sair dessa situação.

Parabéns por sua história e por ser exemplo de mãe e corredora, Wandsela!!! Feliz Dia das Mães para você e várias outras corredoras e mamães leitoras do blog Corrida de Rua.

One Reply to “Dia das Mães: paixão e dedicação de sobra na rotina de Wandsela”

  1. Parabéns meu amor, essa homenagem é mais que merecida. Vejo sua dedicação e o amor que tem com nossos filhotes, vc é uma mãe maravilhosa. A corrida ‍♀️ foi algo que veio sem esperar, assim como eu cheguei na sua vida, difícil de não se apaixonar kkkkk
    Te amo ❤️

Leave a Reply

Your email address will not be published.