Gabriel Renaud: A corrida é o seu ingresso para o “FLOW”!

“Imagina você em um dia ensolarado, debaixo de uma pequena cachoeira, com a água massageando suas costas.

Prazeroso?

Peço que observe sua respiração nesse momento… a inspiração e expiração, um ciclo constante, algo contínuo.

Sentiu uma calma?

Agora lembra de um “beijão” que você já deu e de como entrou em um estado de prazer.

É gostoso lembrar, não é?

Não sei se você já entendeu onde eu quero chegar, mas o título do post deu um spoiler.

A água da cachoeira, a nossa respiração e um beijo apaixonado têm algo em comum. Os 3 possuem um fluxo e nos dão prazer, uma sensação única!

A corrida também é um meio para atingirmos esse estado de “FLOW”, um fluxo que traz sensações boas e indescritíveis.

O psicólogo Mihaky Csikszentmihalyi, que desenvolveu essa ideia de fluxo, descreve o flow como uma “imersão completa no que se faz, com uma consequente perda do sentido de espaço e tempo”.

Vou ser muito sincero, já passei por esse estado de Flow algumas vezes e é muito bom. Mas nunca consegui permanecer por um longo período.

Durante a corrida, no meu caso, o “FLOW” acontece em momentos ao longo do percurso. É mais comum em treinos longos ou provas, mas não é uma regra.

Parece um pouco com o estado meditativo (diferente da prática da meditação tradicional), que, resumidamente, consiste em observar seus movimentos, desconectando-se do externo.

Sentir o pé empurrando o asfalto, perceber a respiração natural.
Atingir o estado de estar 100% presente, totalmente imerso no que fazemos.
Mas a melhor notícia é que esse “FLOW” na corrida pode e deve ser replicado em outras áreas da vida.

Eu já passei por esse estado com a escrita. Mas confesso que, para mim, não é algo corriqueiro.

Normalmente, acontece quando escrevo sobre algo que gosto muito e conheço bem. E quando também consigo atingir esse fluxo (“FLOW”) em outras atividades é incrível!

Deixo uma dica final para os corredores que acompanham o Blog Corrida de Rua:
‘Experimentem treinar alguns dias sozinhos e totalmente imersos no momento.
Depois me contem aqui nos comentários como foi essa experiência!’

Gabriel Renaud
Copywriter

Obs: Enquanto escrevia esse texto passei pelo estado de “FLOW”!

Periodicamente, o corredor e amigo Gabriel Renaud compartilha textos motivacionais e inspiradores sobre o nosso mundo de corridas no Blog Corrida de Rua.

Leave a Reply

Your email address will not be published.