Últimas da semana…

Aconteceu na semana…

Vila Velha Tritões – A equipe de Futebol Americano Vila Velha Tritões, que estreou no dia 10 de julho na Superliga Nacional, está lançando uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar a equipe nas despesas de 2016.

A iniciativa é apoiada por grandes nomes do esporte capixaba como a bodyboarder Neymara Carvalho, o lutador do UFC Erick Silva e o vitorioso jogador da seleção brasileira de futebol de areia Buru. Estes são alguns que aparecem no vídeo de lançamento da campanha, que tem como alvo a arrecadação de R$ 22.160,00. O próximo desafio dos Tritões é fora de casa contra o Santos Tsunami, dia seis de agosto.

Vitória Beach Soccer Cup – Rolou no último domingo  a segunda rodada do Vitória Beach Soccer Cup, deixando em aberto as vagas para a classificação para a fase final da competição.

As duas primeiras partidas  deram novo fôlego aos vencedores, que haviam perdido suas partidas de estreia na competição e agora voltam à briga pela classificação. O CFT Superação/Juventude venceu o Gol10 Soccer pelo placar de 4 a 2, e o CT Missão, do craque Betinho Araújo, venceu o Santa Lúcia por 4 a 1, colocando as duas equipes na briga direta pelas vagas em suas respectivas chaves. No terceiro jogo, o Geração Sports venceu o Craques da Praia por 3 a 1, com destaque para as atuações do goleiro colombiano, Jeison Levid, e o atacante Jonathan Gomes, que fez dois gols na partida e deu assistência para o terceiro. Encerrando os jogos da rodada, o Meninos da Ilha, formado com a base do Rio Branco que disputa a Copa do Brasil de Clubes de Futebol de Areia, atropelou o Cerezo Soccer, vencendo a equipe serrana pelo placar de 7 a 2.

O Vitória Beach Soccer Cup continua no próximo domingo (24), onde os confrontos definirão os semifinalistas desta primeira etapa da competição.

Resultados:
CFT Superação/Juventude 4 x 2 Gol10 Soccer/VV
CT Missão 4 x 1 Santa Lúcia
Geração Sports 3 x 1 Craques da Praia
Meninos da Ilha 7 x 2 Cerezo Soccer

índice

Tiro Esportivo – O Clube Álvares Cabral participou no último fim de semana da 2ª Copa do Brasil de Tiro Esportivo Paralímpico no Rio de Janeiro. A equipe trouxe na bagagem várias medalhas.  Bruno Stof foi prata na prova de carabina deitado e bronze na carabina de pé. Eloisa Fernandes ficou em terceiro lugar na prova de pistola de ar comprimido.

Fernando José de Oliveira Chagas,  Júlio Antônio de Almeida, Célio José Giestas Davel , Luís Carlos Benedito de Oliveira e  Denilson José Pereira ficaram entre os oito  melhores nas provas de carabina de ar nas posições deitado e em pé. A equipe ainda é composta por  Nivaldo Leal de Carvalho – Instrutor de Tiro , Emerson Lunz Guio – Staff , Victor Oliveira Pinheiro – Médico, Franciso Ruy Girao – Coaching Esportivo e Mario Pinheiro Junior, diretor de tiro esportivo do Álvares Cabral.

f4c28226-c16b-4f33-9562-f352a495ebfd

Capixabas nas Paralimpíadas – Atletas do Espírito Santo foram convocados para os Jogos Paralímpicos. São eles: Patrícia Pereira (natação), Renata Bazone (atletismo), Neusimar Clemente dos Santos (golbol), Geisiane de Souza Maia Brito, Ivanilde Candida da Silva e Jessica Silva Santana (basquete em cadeira de rodas).

13731485_901470396648890_6286230476990400472_n

Flamengo Master – Paulo Felipe, do projeto Joga Bonito, que já estagiou com Vanderlei Luxemburgo,  Felipão e Carlos Alberto Pereira e comandou  o Camaçari (BA) e o Ipatinga (MG), está rindo à toa. Ele foi chamado para dirigir o time master do Flamengo por dois jogos. A primeira partida será no dia sete de agosto, em Teixeira de Freitas (BA).

Estudantes brasileiros conquistam título da Gymnasíade 2016 – terminou na segunda-feira (18) o maior e mais importante campeonato esportivo estudantil, a 16ª Gymnasíade, que este ano foi realizado em Trabzon, na Turquia. Os estudantes brasileiros voltaram para casa com o primeiro lugar na classificação geral, com 128 medalhas: 57 ouros, 32 pratas e 39 bronzes.

Foi o melhor desempenho dos estudantes brasileiros nos Jogos Mundiais Escolares. Em 2013, a competição foi realizada em Brasília e os brasileiros terminaram na terceira colocação. “O resultado obtido pelos estudantes atletas neste ano demonstra a evolução do esporte escolar no País, consolidando-se como uma potência mundial, que investe cada vez mais no incentivo ao esporte, solidariedade e integração cultural”, analisou o secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social do Ministério do Esporte, Leandro Cruz Fróes da Silva.

O segundo lugar no quadro geral de medalha ficou com o país anfitrião, que conquistou 119 medalhas. Além da posição no quadro geral, o Brasil se destacou como campeão geral na natação, atletismo e caratê. Com recorde de medalhas, o atletismo conseguiu 36, sendo 18 ouros, 11 pratas e sete bronzes.

A natação foi o segundo esporte que os brasileiros mais conquistaram medalhas. Foram 35, sendo 16 de ouro, nove de prata e dez de bronze. Nas ginásticas rítmica e artística foram 20 medalhas ao total, sendo 12 ouros, duas pratas e seis bronzes.

O caratê também surpreendeu ao conquistar, logo no primeiro dia de competição, sete medalhas. Ao todo foram 17 medalhas, dos 22 atletas da delegação, sendo cinco ouros, duas pratas e dez bronzes.

O judô concluiu o campeonato com seis ouros, cinco pratas e quatro bronzes, totalizando 15 medalhas. Tênis levou para casa três medalhas (duas pratas e um bronze) e o xadrez ficou com uma de prata e uma de bronze.

 


Viu algo interessante no mundo do esporte?  Envie sugestão para:

[email protected]

Facebook_icon.svgfoto-instagram-esboco-do-logotipo-da-camera_318-56004

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *