Na torcida por nossas capixabas: Ginástica Rítmica começa nesta sexta-feira (19) na Rio 2016

A partir desta sexta-feira os arcos, maças, bolas e fitas vão colorir a Arena Olímpica da Barra da Tijuca. No tablado as mais belas ginastas do mundo prometem encantar com movimentos graciosos. E nesta edição, dentro de casa, o  Espírito Santo está fazendo história.

Três representantes são capixabas: Natália Gaudio no individual  e pelo conjunto, Emanuelle Lima e Francielly Machado. Natália faz a sua estreia nesta sexta-feira a partir das 10h e as meninas do conjunto no sábado, pela manhã.

00
A árbitra e técnica Gizela Batista com as ginastas Emanuelle e Francielly.

As provas
A modalidade tem seis competições:
– Exercícios em conjunto
– Corda
– Arco
– Bola
– Maças
– Fita

Curiosidades
Apesar de a ginástica rítmica contar com cinco aparelhos para as apresentações (corda, arco, bola, maças e fita), apenas quatro podem ser escolhidos para a disputa das Olimpíadas. Nos Jogos de Londres 2012, por exemplo, não houve disputas de corda. Na Rio 2016 a corda também ficou de fora.

Favoritas do individual
Desde Sidney 2000, as ginastas russas dominam a modalidade: de lá para cá, foram oito ouros, duas pratas e um bronze. A supremacia russa, especialmente nas provas de conjunto, só foi quebrada em Atlanta 1996, quando as espanholas foram campeãs.

Yana Kudryavtseva
A fera russa entrou nas competições mundiais com apenas 15 anos. Yana é  a mais jovem  ginasta a conquistar um título mundial. Com 18 anos,  já conquistou 16 medalhas em campeonatos mundiais, sendo 13 de ouro.image66

Margarita Mamun
É a  segundo lugar no ranking mundial. A ginasta de 20 anos tem uma disputa acirrada com a compatriota Yana.
hqdefault
Ganna Rizatdinova
A ucraniana é a quarta colocada no ranking mundial. A atleta foi inserida  no esporte por sua mãe, que  foi  a sua primeira treinadora.

Ucraniana Ganna Rizatdinova é uma das feras confirmadas no Meeting. (Foto: Divulgação)
Ucraniana Ganna Rizatdinova é uma das feras confirmadas no Meeting. (Foto: Divulgação)

GR também é para os homens
Apesar de ser disputada somente por mulheres em Olimpíadas, a modalidade também está caindo no gosto dos homens.  O estudante Bruno Ferreira Amorim de 17 anos é um deles.  Ele descobriu a GR ao acaso, pela internet e começou a praticar sozinho em casa.

"
“Meu maior desafio é mostrar para todos que nós meninos temos direitos iguais de praticar GR e quem sabe até participar de uma Olimpíada. Quero um dia ser reconhecido como um dos melhores ginastas em todo o mundo.”

“Comecei a Ginástica Rítmica em  2014. Fui  indicado para a ginasta Ana Paula Ribeiro,  que tinha aberto uma escolinha de GR em Guarapari. Eu sempre tentei  me esforçar  bastante pois eu era o único menino  da turma, o mais velho  e deveria dar exemplos para as crianças  que praticavam comigo. “ , diz o ginasta que tem como referência a russa Aleksandra Soldatova.

Quando Ana Paula Ribeiro  foi para a seleção,  o atleta conseguiu uma bolsa na Escola de Campeãs em Vila Velha, dirigida por Mônika Queiroz, técnica da Natália Gaudio.

Sobre preconceito, ele fala: “Sim. Existe. O preconceito é muito maior para quem pratica  pelo fato de só  existir  meninas praticando. As agressões  verbais são muitas. Muitas pessoas fazem críticas pois não conhecem e é por este motivo que não  há muitos meninos praticando no Brasil. Mas eu não  deixo isso me afetar pois todos  os insultos, palavrões e chacotas eu transformo em força para eu poder continuar minha trajetória .”, diz o ginasta que está em busca de patrocínio para competir lá fora.

“Eu nunca penso desistir pois eu tenho um sonho, um objetivo na vida. Minha técnica Ana Paula Ribeiro nunca desistiu de mim. " (Foto: Reprodução Facebook)
“Eu nunca penso desistir, pois eu tenho um sonho, um objetivo na vida. Minha técnica Ana Paula Ribeiro nunca desistiu de mim. ” (Foto: Reprodução Facebook)

Confira o horário da disputa da GR nos Jogos:

Individual geral feminino

Classificatória

sex, 19 de ago, 10:20

Equipes geral feminino

Classificatória

sáb, 20 de ago, 10:00

Individual geral feminino

Final · 1ª rotação

sáb, 20 de ago, 15:20

Individual geral feminino

Final · 2ª rotação

sáb, 20 de ago, 15:53

Individual geral feminino

Final · 3ª rotação

sáb, 20 de ago, 16:26

Fonte: https://www.brasil2016.gov.br/pt-br/olimpiadas/modalidades/ginastica-ritmica


 

Viu algo interessante no mundo do esporte?  Envie sugestão para:

[email protected]

Facebook_icon.svgfoto-instagram-esboco-do-logotipo-da-camera_318-56004

3 Replies to “Na torcida por nossas capixabas: Ginástica Rítmica começa nesta sexta-feira (19) na Rio 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *