Nadador capixaba conquista vaga para Mundial Escolar de Natação, na Hungria, em abril

O atleta capixaba Átila Romano de Carvalho, de 17 anos, representará o Brasil no Campeonato Mundial Escolar de Natação, em Budapeste, na Hungria, de 20 a 25 de abril. A  vaga foi conquistada com a vitória na prova dos 50m peito durante o Campeonato Brasileiro Escolar de Natação, realizado em Aracaju (SE), de 02 a 05 de março.

Átila é aluno da Escola Estadual Almirante Barroso, de Vitória (ES), e foi o único representante do Espírito Santo na competição, que reuniu mais de 150 atletas, de 16 estados do Brasil. O evento é promovido pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE). No Espírito Santo, quem realiza a seletiva estadual e encaminha o atleta à competição nacional é a Federação Capixaba de Desporto Escolar (Fecade).

Para o atleta, a convocação foi a realização de um sonho. “Estou muito feliz por ter conseguido esse resultado expressivo, que me dará a oportunidade de representar o Brasil na Hungria. Vou me preparar ainda mais para trazer um bom resultado para o meu estado e para o meu país”, destacou.

O presidente da Federação Capixaba de Desporto Escolar (Fecade), Lidimar Marquêz, ressaltou o alto desempenho de Átila, que vai ao encontro do atual cenário dos atletas capixabas nas competições nacionais e internacionais. “Átila é mais um exemplo do alto nível de atletas que estamos formando no Espírito Santo. A cada ano vemos mais resultados expressivos do Estado em competições nacionais e internacionais. Isso mostra que todo o nosso esforço em desenvolver o esporte escolar no estado tem dado resultado”, reforçou Marquêz.

Além do Mundial em Budapeste, o Brasileiro Escolar de Natação serviu ainda como seletiva nacional para a formação das seleções brasileira que representarão o país nos Jogos da International Sports Federation for Catholic Schools (FISEC), na Itália, e no Pan-americano Escolar, que possivelmente será realizado em Aracaju.

Avaliação

O professor Alexandre Pussieldi, especialista em natação e convidado especial da CBDE, para prestigiar o evento, destacou o alto nível técnico da competição. “Creio que independente das seleções que forem formadas, o Brasil estará muito bem representado. Estamos vendo aqui o fortalecimento do esporte escolar, que estava um pouco ofuscado. Nossas principais competições sempre foram de clubes e a CBDE abriu uma outra perspectiva, gerou uma outra oportunidade com o desenvolvimento do esporte nas escolas” .


 

Viu algo interessante no mundo do esporte?  Envie sugestão para:

[email protected]

Facebook_icon.svgfoto-instagram-esboco-do-logotipo-da-camera_318-56004

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *