Agenda Esportiva: oito jogos abrem os Metropolitanos de Beach Soccer neste sábado (21)

Oito jogos serão disputados no próximo sábado (21), na Arena Esportiva AERT, no Bairro de Fátima, na Serra, em duas quadras, a partir das 8 horas, pela primeira rodada dos Campeonatos Metropolitanos Abertos Masculino e Feminino de Beach Soccer.

As equipes foram divididas nas Chaves A e B. No feminino, a Chave A será composta por: Rio Branco, CTVV, Galáticas e CTM, de Anchieta. Já a  Chave B contará com São Pedro, Inter, Capixaba e Vila Velhense. No masculino a Chave A terá em ação: Bom de Bola, de Aracruz; Juventude, UVV e CTM, de Anchieta. E a Chave B será formada por: Rio Branco, Geração/Doctum, Meninos da Ilha e UFES.

Rodadas aos sábados

A primeira fase será disputada sempre aos sábados (dias 21 e 28 de abril), com oito jogos, até o dia 5 de maio. No dia 12 do mesmo mês os times masculino e feminino que somarem mais pontos disputam as grandes finais. Neste dia vai acontecer também jogos que definirão os classificados da terceira até a oitava colocação de cada campeonato.

No dia 21 estão previstos os seguintes jogos na abertura das competições: na quadra 1, às 8 horas: UVV x Bom de Bola, de Aracruz (masculino); às 9horas: Capixaba x São Pedro (feminino), às 10 horas:Juventude x CTM (masculino) e às 11 horas: Inter x Vila Velhense (feminino).

Na quadra 2, nos mesmos horários, acontecerão os seguintes jogos: Galáticas, de Anchieta x Rio Branco (feminino), Meninos da Ilha x Rio Branco (masculino), CTVV x CTM, de Anchieta (feminino) e Geração/Doctum x UFES (masculino).

No dia 28, pela segunda rodada, jogarão na quadra 1, às 8 horas: Rio Branco x UFES (masculino); às 9 horas: Galáticas x CTVV (feminino); às 10 horas: Meninos da Ilha x Geração/Doctum (masculino) e às 11 horas: Rio Branco x CTM (feminino).

Na quadra 2 se enfrentarão, nos mesmos horários: São Pedro x Vila Velhense (feminino); UVV x Juventude (masculino); Capixaba x Inter (feminino) e Bom de Bola, de Aracruz x CTM, de Anchieta (masculino).

Já no dia 5 de maio, pela terceira e última rodada da fase classificatória, jogarão as equipes masculinas na quadra 1 e as femininas na quadra 2.

Na quadra 1 (masculino) jogam às 8 horas: Bom de Bola x Juventude; às 9 horas: Rio Branco x Geração/Doctum; às 10 horas: UVV x CTM e às 11 horas: Meninos da Ilha x UFES.

Na quadra 2, pelo campeonato feminino, jogarão, nos mesmos horários: Rio Branco x CTVV; São Pedro x Inter; Galáticas x CTM e Capixaba x Vila Velhense.

 

Clima de expectativa

Os atletas já vivem clima de expectativa para o maior evento do primeiro semestre. “Acredito que a competição deve ser marcada pelo alto nível técnico e jogos muito disputados. Entendo que o campeonato será equilibrado. Talvez algumas equipes estão um pouco à frente em termos de conjunto e ritmo de competição. Dentre elas destaco  o CTM, que manteve a base do time campeão do Estadual de 2017. O Rio Branco também tem time muito forte e a vantagem de conhecer melhor a quadra onde será disputado o campeonato. O Geração/Doctum vem de bons resultados nas últimas competições. Ainda assim, reitero que espero jogos muito equilibrados. Estou muito motivado e ansioso para o início dessa nova competição. Como atleta da modalidade  há mais de uma década é muito bom ver, novamente, essa movimentação em prol do futebol de areia capixaba. Precisamos de mais iniciativas e campeonatos no nosso Estado para termos calendário cheio e voltarmos a ser referência no país”, destacou Dudu, goleiro do Geração/Doctum.

“O Metropolitano vai se caracterizar como um torneio competitivo, muito disputado e com nível técnico elevado, com tantas equipes boas no campeonato. Tendo em vista que o nosso beach soccer está voltando a ser uma potência nacional. Não tem equipe favorita, todas as equipes estão se preparando muito bem. Estou muito motivado, pois, vai ser uma vitrine nacional. Vai estar todo mundo de olho aqui. Até porque tem muitos atletas renomados no esporte participando dessa competição, como Bruno Xavier, Bruno Malias, Betinho, entre outros. Então essa vai ser uma ótima oportunidade de mostrar serviço para o professor Gilberto Costa, treinador da Seleção Brasileira”, avaliou Raphael Silva, do CTM, campeão sul-americano sub-20 pela Seleção Brasileira em 2017.

“Esse torneio vai ser fundamental para nós que estamos buscando a cada dia mais uma oportunidade em outras competições. E a estrutura vai nos ajudar muito. Poucos têm essa oportunidade de ter duas quadras disponíveis. Temos que desfrutar. Não só nossa equipe, mas todos que forem participar da competição. Todas equipes estão em alto nível e se preparando. O time  favorito vai aparecer no decorrer das rodadas. Mentalmente estou bem. Como todos me conhecem eu luto até o final com meu time, mesmo não estando bem fisicamente. Dou o meu máximo pra ajudar meus companheiros visando a sairmos com a vitória”, disse Dodô, do Rio Branco.

Chancelado pela Federação

O campeonato é uma iniciativa da ACEL (Associação Capixaba de Esporte e Lazer) , chancelado pela FEBSES (Federação de Beach Soccer do Espírito Santo), com patrocínio da SESPORT – Secretaria de Esporte e Lazer do Estado do Espírito Santo e AERT – Associação Esportiva e Recreativa Tubarão.

A Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil (ACACCI) será parceira dos eventos. Os torcedores deverão contribuir durante as rodadas com alimentos que serão repassados para a entidade.


Viu algo interessante no mundo do esporte?  Envie sugestão para:

[email protected]

Facebook_icon.svgfoto-instagram-esboco-do-logotipo-da-camera_318-56004

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *