Talentos do judô buscam ajuda financeira para competirem fora do Estado

Luis Carlos Matias, Júlio César Faria, Mateus Fontes Guimarães, André Silva Lima e Marcelo Vicentini fazem parte da turma do alto rendimento do judô capixaba.

Eles treinam no grupo especial para graduados do núcleo de judô da Prefeitura de Vitória, através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semesp) em Goiabeiras. Apesar das diferentes histórias, eles têm um único sonho: serem grandes campeões na modalidade.

Sob o olhar atento do sensei Gabriel Vicentini, o grupo treina forte para encarar os desafios. Muitos atletas representam outros clubes da cidade, reforçando, assim, a excelência do espaço. “Muitos atletas nasceram aqui. Vejo os talentos e indico para os clubes da Grande Vitória. Há também muitos atletas que vieram de outras academias”, contou o treinador.

Brasileiro Escolar

Marcelo e André são crias do projeto da Prefeitura. Eles se classificaram para o Combat Games, o Brasileiro Escolar, em Brasília, da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), e competem nos dias 18, 19 e 20 de abril.

“Comecei no judô aos 2 anos de brincadeira e tomei gosto e comecei a competir”, disse Marcelo, de 16 anos, que já é um colecionador de títulos, entre eles, um Brasileiro Regional, em 2016. Ele é atleta da Associação Hikari de Judô e também passará por uma turnê na Europa.

Já André, da Associação Hikari de Judô, veio do jiu-jítsu e começou no judô aos 9 anos. Ele já é campeão brasileiro e pentacampeão capixaba, isso com apenas 14 anos de idade.

Brasileiro Regional

Mateus, Luiz, Julio e André disputam o Brasileiro Regional, neste sábado (13), na Bahia.

Mateus começou cedo no judô, aos 4 anos. “Comecei o judô por acaso e me destaquei logo no primeiro treino. Já ganhei um Brasileiro Regional e espero muitos títulos. Minha mãe, Lucimar, é quem mais me apoia”, disse o jovem, de 14 anos e atleta da Associação Yamate de Judô.

Júlio, da Associação Yamate, tem 18 anos e começou graças ao apoio do pai, que também é judoca. Luis Carlos, da Associação de Judô Aliança, tem 18 anos e faz judô há sete anos. Ele é um guerreiro dentro e fora do tatame. Perdeu os pais jovem e descobriu muitas coisas boas no judô: perdeu a timidez e ganhou coragem.

Ajuda de custo

O Projeto desenvolvido na Prefeitura de Vitória possui o objetivo de oferecer aos jovens a iniciação e a prática esportiva. Por não ser Federado o núcleo não leva seus alunos para competições. E para as viagens nessas duas próximas competições e para o intercâmbio do judoca Marcelo na Europa, o Sensei Gabriel está buscando ajuda para seus atletas. Qualquer apoio é válido.

Para ajudar é só entrar em contato com o próprio Sensei no telefone: (27) 9.99904.1304.


Viu algo interessante no mundo do esporte?  Envie sugestão para:

[email protected]

Facebook_icon.svgfoto-instagram-esboco-do-logotipo-da-camera_318-56004

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *