Eder Jofre, o ‘Galo de Ouro’, é homenageado por Memorabília do Esporte e Casa da Moeda do Brasil

Considerado um dos maiores nomes da história do boxe, Jofre estampa série exclusiva celebrando o tricampeonato mundial (1973-1963-1960)

Eder Jofre, um dos maiores nomes da história do boxe mundial, será eternizado em uma série inédita e exclusiva de medalhas. O ‘Galo de Ouro’, que completou 85 anos em março, estampa a série lançada nesta segunda-feira, dia 25, pela Casa da Moeda do Brasil e pela Memorabília do Esporte, homenagem que traz peças em ouro, prata e bronze.

Nas medalhas, além de imagens do pugilista e da identificação da modalidade, as inscrições dos anos do tricampeonato mundial (1973-1963-1960) e da assinatura de Jofre, que viajou à Califórnia na última semana para ser aclamado no Hall da Fama da Costa Oeste (EUA). As medalhas já estão à venda pelos sites do Clube da Medalha e da Memorabília do Esporte.

– Essas medalhas resgatam momentos muito especiais para mim e para a minha família. Tenho orgulho por ter representado meu país e conquistado três títulos mundiais para o Brasil. Fico muito feliz com essa homenagem e agradeço esse carinho da Memorabília do Esporte e da Casa da Moeda por mim – afirmou Eder.

Com um cartel de 81 lutas, com 75 vitórias (51 por nocaute), quatro empates e apenas duas derrotas, o paulista Eder Jofre é herdeiro dos Jofre-Zumbano, mais tradicional clã da nobre arte. Seu pai, o argentino José Aristides Jofre, o ‘Kid Jofre’ fez história no esporte e foi responsável por inspirar o filho, que se apaixonou pelo boxe. No último dia 8, completou-se 45 anos da despedida do ‘Galo de Ouro’ dos ringues: vitória sobre o mexicano Octavio Gomez por pontos no Ginásio do Ibirapuera.

Produzidas pela Casa da Moeda do Brasil e cunhadas com acabamento especial ‘proof’, as medalhas de ouro possuem 22mm (+ 7,77g), enquanto as peças de prata (+ 31g) e bronze (+ 24g) possuem diâmetro de 40mm. Todas possuem fundo espelhado, com tiragens limitadas e numeradas, e certificados de autenticidade, além do estojo de luxo.

Casa da Moeda do Brasil e Memorabília do Esporte se uniram com o objetivo de resgatar memórias e exaltar trajetórias de ícones da história. Além da série exclusiva em homenagem a Eder Jofre, entidade e empresa anunciaram este ano o projeto ‘Grandes Ídolos do Esporte’, coleção que lança, todos os meses, séries de tributo aos maiores nomes do esporte brasileiro, exaltando feitos e efemérides.

Eder Jofre
* Tricampeão Mundial (1973-1963-1960)
* Membro do Hall da Fama da Costa Oeste (Califórnia/EUA)
* Membro do Hall da Fama do Boxe (NY/EUA)
* Campeão Sul-Americano (1960)
* Campeão Brasileiro (1958)
* Eleito ‘Nono Melhor Pugilista dos Últimos 50 anos’ pela revista ‘The Ring’ (2002)
* Eleito ‘Melhor Pugilista da Década de 60’ pela revista ‘The Ring’
* Eleito ‘Melhor Pugilista do Ano’ (Grand Award of Sports / 1964)
* Cartel: 81 lutas · 75 vitórias (51 nocautes) · 4 derrotas · 2 derrotas

Série Eder Jofre – Tiragem / Preços
Ouro – 85 unidades – valor unitário R$ 3.700,00
Prata – 100 unidades – valor unitário R$ 560,00
Bronze – 200 unidades – valor unitário R$ 145,00

Sobre a Memorabília do Esporte

Lançada em 2021 pelos jornalistas Bruno Neves e Samy Vaisman que, juntos, acumulam mais de 45 anos no mercado esportivo, a ‘Memorabília do Esporte’ é um projeto pioneiro, que tem como objetivo principal a produção de séries exclusivas em homenagem a atletas e efemérides do esporte brasileiro, em um trabalho de resgate da memória de ídolos e momentos. Todas as coleções são de criação própria da MDE, numeradas, seriadas e autografadas, produções inéditas assinadas por artistas nacionais, e possuem selo e certificado de autenticidade da SportsBília Brasil, primeira certificadora de itens esportivos da América Latina.

Mais informações em www.memorabiliadoesporte.com.br / @memorabiliadoesporte

Sobre o Clube da Medalha da Casa da Moeda do Brasil

A Casa da Moeda fundou, em 1977, o Clube da Medalha do Brasil, uma sociedade cultural cujo objetivo é congregar colecionadores e difundir o colecionismo e informações sobre a numismática no Brasil. Hoje, o Clube da Medalha além de lançar produtos de cunho cultural também busca confeccionar produtos mais modernos e com maior apelo comercial, visando fomentar ainda mais o colecionismo como cultura. Em parceria com Banco Central, a CMB por meio do Clube da Medalha também comercializa moedas comemorativas para o público em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *