Correr no calor: 5 dicas para não passar mal nessa estação do ano.

Quando a temperatura do corpo sobe, ele reage com maior produção de suor, aumento da frequência cardíaca e dilatação dos vasos sanguíneos.

Os dias quentes são um estímulo para quem quer sair de casa e se exercitar, mas se você vai correr no calor, prepare-se. Principalmente no caso daqueles que não estão acostumados a correr sob altas temperaturas, é preciso entender os sinais do corpo para que os treinos no verão continuem rendendo e sejam uma experiência agradável.

Por que correr no calor é mais difícil? Precisamos ter em mente como funciona nossa regulação de temperatura. Parece que a queda no desempenho associada ao exercício no calor é uma forma de “fadiga central”, mas não tanto pelo fato dos músculos cansarem mais rapidamente. Na verdade, o corpo tem um mecanismo que diminui o esforço quando esquenta demais, provavelmente para proteger o cérebro de danos térmicos.

O que  fazer para evitar o mal estar durante os treinos no verão?

  • Mantenha-se hidratado
    Ao correr no calor, seu corpo tenta diminuir a temperatura corporal central suando mais. Isso faz com que você perca fluidos e minerais como magnésio ou ferro. Mesmo uma pequena alteração no seu equilíbrio de fluidos pode levar a grandes perdas de desempenho. O mais importante é começar bem hidratado.
  • O calor afeta seu coração
    No verão, sua frequência cardíaca naturalmente é elevada. Ao treinar com um monitor de batimentos cardíacos, lembre-se de que temperaturas mais altas também aumentam sua frequência cardíaca, mesmo que você corra no ritmo normal. Portanto, pode ser uma boa ideia ir um pouco mais devagar.
  • Material certo
    Quando for correr no Verão, tente usar roupas muito leves e se possível com tecidos inteligentes para dispersar o suor. Assim a temperatura de sua pele ficará mais fresca e o treinamento mais agradável. A roupa de cor clara reflete o calor e se estiver um pouco ‘folgada’, o ar pode circular melhor. Os bonés não servem apenas para a proteção contra o sol, tente colocar um pouco de gelo sob o boné. Seu efeito de resfriamento pode durar até 40 minutos. Além disso, com o derretimento do gelo, a água escoa gerando uma refrigeração. Você sentirá a diferença.
  • Evite o calor e o treino de meio-dia
    A escolha da hora certa do dia para as corridas e treinamento é vital durante os meses de verão. Evite correr no calor do meio-dia e saia de manhã ou à noite. Nessa hora do dia, não é apenas mais frio, mas também há menos ozônio na atmosfera. Altos valores de ozônio podem irritar os olhos e as vias aéreas.
  • Proteja a sua pele
    Cubra toda a pele exposta ao sol com filtro solar à prova d’água (devido ao suor). O fator de proteção solar (FPS) informa quanto tempo o filtro solar prolonga o tempo de proteção natural da sua pele. A quantidade de filtro solar necessária depende do tipo de pele, da hora do dia e dos níveis atuais de UV. Não se esqueça de esfregar um pouco no pescoço, na parte de trás dos joelhos e nas orelhas!

Fique atento e Siga NO PIQUE!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *