• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Clube belga promete ação contra torcedores após bandeira 'decapitar' rival

Esportes

Clube belga promete ação contra torcedores após bandeira 'decapitar' rival

Liège - O Standard Liège, um dos clubes mais tradicionais da Bélgica, se expressou nesta segunda-feira para condenar "veementemente" o bandeirão exibido por sua torcida no clássico de domingo, contra o Anderlecht. Nele, se via um personagem com a mascara de Jason (personagem do filme de terror "Sexta-Feira 13) segurando a cabeça decapitada do meia Steven Defour, antigo ídolo do Liège, que hoje joga no arquirrival.

"O Standard Liège não endossam este comportamento e condena veementemente. Estamos trabalhando agora para identificar os funcionários que enganou o clube e até outros torcedores, que também não foram informados sobre o desenho visto no domingo. A confiança foi quebrada. Tomaremos as medidas necessárias para punir os culpados e agora evitar isso no futuro", escreveu o clube, em comunicado.

Autoridades da Bélgica e da Federação Belga de Futebol também já estão investigando o bandeirão. O ministro do exterior do país disse que a bandeira é "nojenta, estúpida e inaceitável".

Exposto na arquibancada atrás de um dos gols, ocupada pelos chamados ultra do clube, o bandeirão, além do personagem decapitando Defour, ainda tinha a inscrição "vermelho ou morto", em inglês. Vermelho é a cor do Liège, clube em que o meia jogou de 2006 a 2011. Ele passou três temporadas no Porto e voltou à Bélgica para defender o Anderlecht.