• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

'Foi um acidente', diz zagueiro Breno sobre incêndio na Alemanha

Esportes

'Foi um acidente', diz zagueiro Breno sobre incêndio na Alemanha

São Paulo - Além de falar sobre as expectativas de futuro em sua volta ao São Paulo, Breno não teve como deixar de lembrar o incêndio em sua casa em Munique em 2011 durante sua apresentação no clube paulista, nesta quinta-feira. O episódio levou o jogador à cadeia no ano seguinte e interrompeu sua carreira.

O defensor admite que a somatória dos problemas encontrados na sua transferência para o Bayern o levou à bebida e que um exagero provocou o que ele qualificou como 'acidente'. Breno inclusive afastou os rumores de que problemas com a esposa teriam sido o desencadeador.

"Saí para a Alemanha muito jovem, outra cultura, um idioma muito difícil. Achei que ia jogar, infelizmente não joguei e fui para o Nuremberg emprestado. Tive uma sequência boa e veio uma lesão no joelho. Operei, tratei dez meses, voltei e tive que operar de novo. Isso acabou se tornando uma bola. Aí bebi, fiquei inconsciente e teve o acidente", explicou.

No ano passado, Muricy Ramalho falou sobre o defensor e lembrou que teve muito trabalho para que Breno ouvisse as 'pessoas certas', dando a entender que ele estava sendo conduzido para um caminho que resultou na sua prisão. Ao comentar o assunto, o zagueiro admitiu que o treinador tinha razão, mas que a inexperiência e a imaturidade acabaram sendo preponderantes para os problemas.

"Eu era garoto, tinha 17 anos e queria jogar bola. Conversei com meus empresários e eles falaram que eu ia jogar, mas infelizmente não foi o que aconteceu. Pode ser que eu tenha ouvido as pessoas erradas, mas agora passou, preciso apagar isso e saber viver o presente", comentou.