Lindsey Vonn se torna maior vencedora da Copa do Mundo de Esqui Alpino

Esportes

Lindsey Vonn se torna maior vencedora da Copa do Mundo de Esqui Alpino

Redação Folha Vitória

Cortina d'Ampezzo, Itália - Lindsey Vonn fez história nesta segunda-feira na Copa do Mundo de Esqui Alpino. A norte-americana se tornou a atleta com mais títulos em etapas da competição, com 63 medalhas de ouro, ao vencer a disputa feminina do Super-G em Cortina d'Ampezzo, na Itália.

No último domingo, Vonn havia igualado a marca de 62 ouros da lenda austríaca Annemarie Moser-Pröe ao vencer a disputa do downhill. Agora, com o triunfo desta segunda-feira, com o tempo de 1min27s03, ela se tornou a maior vencedora da história da Copa do Mundo de Esqui Alpino.

Porém, 21 das 63 vitórias de Vonn, incluindo a desta segunda-feira, aconteceram no Super-G, uma disputa que não existia quando Moser-Proell competia. Além disso, foram 32 triunfos no downhill, três no slalom gigante, dois no slalom e cinco na prova combinada.

De qualquer forma, a marca alcançada pela norte-americana marca uma recuperação na sua carreira no esqui alpino. Afinal, Vonn ficou afastada das competições por um ano e meio em razão de um acidente ocorrido no início de 2013, o que a deixou de fora da Olimpíada de Inverno de Sochi, em 2014.

Vonn, ao que parece, porém, está completamente recuperada, como mostrou ao alcançar o recorde de vitórias na Copa do Mundo de Esqui Alpino. Além desse feito, ela possui duas medalhas olímpicas, uma de ouro e outra de bronze, ambas obtidas nos Jogos de Inverno de 2010, em Vancouver, e cinco medalhas em Mundiais, sendo duas de ouro e três de prata.