• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Austrália bate Brasil e fatura evento-teste de basquete feminino para Rio-2016

Esportes

Austrália bate Brasil e fatura evento-teste de basquete feminino para Rio-2016

Rio - A seleção brasileira feminina de basquete não teve sucesso neste domingo na tentativa de faturar o título do evento-teste da modalidade para os Jogos Olímpicos do Rio, que será em agosto. As comandadas do técnico Antônio Carlos Barbosa mostraram muita irregularidade em quadra e foram derrotadas pela Austrália, que foi a campeã, por 77 a 67 (32 a 27 no primeiro tempo), em jogo realizado na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra.

Os destaques da seleção brasileira foram Érika, cestinha da partida com 20 pontos, e Clarissa, que anotou 18 pontos. Pelo lado australiano Mitchell foi a melhor com 16 pontos. Na competição, o Brasil jogou três vezes e conquistou duas vitórias - contra Venezuela, na última sexta-feira, e contra a Argentina, no sábado.

Em quadra, o Brasil mostrou a mesma irregularidade do dia anterior contra as argentinas. A diferença é que, neste domingo, mesmo com as australianas sem suas principais jogadoras, as brasileiras não tiveram força para superar a forte marcação adversária. Assim, ficaram sempre atrás no placar - no primeiro quarto, derrota por 18 a 8 - e não chegaram a ameaçar a vitória da seleção da Oceania.

A seleção brasileira participou do evento-teste desfalcada de diversas de suas principais jogadoras, que aderiram a um boicote criado pelos clubes da Liga Nacional contra a Confederação Brasileira de Basquete (CBB). Apenas as atletas do Sampaio Correa e Érika, que está sem clube desde que deixou seu time na Turquia, além da pivô Clarissa, do Corinthians/Americana, discordaram do boicote.

Esse foi o primeiro evento-teste da Arena Carioca 1, que nos Jogos do Rio vai receber os duelos de basquete e na Paralimpíada será palco de basquete e rúgbi em cadeira de rodas. Antes de estrear nesta competição amistosa, a seleção brasileira já havia vencido a Argentina por 81 a 39 e havia surpreendido a Austrália, medalha de bronze nos Jogos de Londres e no Mundial da Turquia, por 61 a 53.

Antes da partida do Brasil, neste domingo, a Argentina não encontrou qualquer dificuldade para vencer a Venezuela por 83 a 38. Com o resultado, as argentinas conseguiram o seu único triunfo no evento-teste e ficaram em terceiro lugar. As venezuelanas, que perderam todos os três jogos, finalizaram em quarto.