Atletas russos são acusados de desistência em competição para evitar antidoping

Esportes

Atletas russos são acusados de desistência em competição para evitar antidoping

Redação Folha Vitória

Moscou - A Federação de Atletismo da Rússia (Araf, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira que vai investigar as acusações de que atletas do país teriam desistido de uma competição para escapar do exame antidoping. O caso teria acontecido no Meeting de Orenburg, no último sábado.

A entidade russa explicou em comunicado que "observou o fato de uma desistência em massa de atletas em razão de um possível controle de doping em um dos eventos do circuito de inverno da Araf".

De acordo com os dados coletados pela federação, cinco atletas que estavam inscritos para a disputa em Orenburg sequer largaram em suas provas. Uma das competições femininas terminou com somente três atletas na pista. Os nomes destes competidores não foram divulgados.

A Rússia continua banida das competições internacionais de atletismo por causa de um esquema sistemático de doping no país. Desde que a investigação se intensificou em território russo, já foram reportadas diversas oportunidades em que atletas escaparam de testes por desistência de provas, por fornecerem amostras falsas de urina ou simplesmente por fugirem.